Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Davi

A Trapaça de Jacó e Suas Consequências

Imagem
Atribuição: a Providence Litography Company, Domínio, via Wikimedia Commons A Trapaça de Jacó e Suas Consequências Jacó fugiu após trapacear o irmão, enganou o pai para receber a bênção da primogenitura no lugar de Esaú e sofreu as consequências.  Os pais, Isaque e Rebeca, mandaram o filho fugir da fúria de Esaú e disseram a Jacó para ir até à casa do irmão de Rebeca, Labão em Padã-Arã, e casar-se com uma das filhas do tio. Ele seguiu as orientações dos pais, ao chegar na casa do tio, gostou de Raquel, enganado pelo tio ao trabalhar por sete anos sem receber salário, em troca, casaria com a sua amada Raquel.  Bem, esse era o trato. Contudo, a esperteza do tio passou do limite, ele enganou Jacó, fez Lia, a filha mais velha, se passar por Raquel no dia do casamento. Neste blog há um artigo que conta a história de Jacó, todavia o que procurei enfatizar neste artigo é o fato de ele ter enganado o pai para receber uma benção que Deus já havia prometido, quando ele estava no ventre da mãe. E

Porque Jesus Agradecia e Orava a Deus?

Imagem
Fotos isentas de royalties (Modificada) Porque Jesus Agradecia e Orava a Deus? Acredito que essa pode ser a sua dúvida, vou mais além, você deve estar se perguntando: se Jesus é Deus, por que Ele agradecia e orava a Deus? Parece que agora complicou mais ainda, mas para descomplicar precisamos examinar a Palavra de Deus. É fundamental conhecermos o propósito de Deus desde quando surgiu o pecado. Sabemos dos vários atributos de Deus, um destes atributos é a onisciência. Deus na sua onisciência sabia que o homem ia pecar, então Ele já tinha um plano de Salvação da humanidade. O Pecado Afastou o Homem de Deus O pecado fez o homem se distanciar de Deus e provocou um grande conflito entre o bem e o mal. O mal se espalhava sobre à terra à medida que a humanidade ia crescendo. O homem tem o livre arbítrio para escolher o bem ou o mal. Ficar do lado do bem significa obediência a Deus. Contudo, eram poucos os que queriam fazer a vontade de Deus. A maldade do homem era grande, a sua mente e o seu

A Fonte Transformadora de Água Viva

Imagem
  Foto modificada Fonte:  Pikist A Fonte Transformadora de Água Viva A Fonte de água viva que transforma vidas, assim como transformou a vida da mulher samaritana; essa mesma fonte inspirou o rei Davi a compor o Salmo 63, uma demonstração de intimidade com Deus.      Ela pode ser entendida como uma corrente de água pura própria para saciar a nossa sede, mas será que era essa água que Davi tanto ansiava no deserto? Quando pensamos numa fonte transbordante imaginamos abundância de água. Literalmente a água nos remete a vida.   A Importância da Água O homem pode aguentar 40 dias sem comer, todavia sem água, dependendo das condições físicas, não suportaria viver mais de 72 horas, segundo os especialistas da área médica.     A vida é muito valiosa para o homem, por isso, ao sermos ameaçados por alguém, procuramos um refúgio. Tememos perder o bem mais valioso que foi dado por Deus quando Ele formou o homem no Jardim do Éden, o fôlego da vida. "E formou o Senhor Deus o homem do pó da ter

Revelando os Mistérios do Cântico de Ana

Imagem
  Fonte Pikist Revelando os Mistérios do Cântico de Ana No cântico de Ana há mistérios que podem ser revelados através de observações minuciosas que nos levam a um entendimento mais profundo.   Motivo da Adoração do Cantico de Ana Antes de entrar na profundidade desse poema, precisamos entender o motivo da adoração de Ana com esse cântico poético. No artigo anterior foi exposto o sofrimento de Ana e como ela teve a sua petição atendida.     Havia um conflito entre Ana e Penina, a segunda esposa de Elcana. Ana não podia ter filhos; Penina tinha filhos e filhas. Ela, se valendo da sua fertilidade, humilhava Ana com a intenção de irritá-la ( cf 1 Samuel 1.4-7).     Ana estava com amargura de alma e clamou ao Senhor intensamente. Na sua conversa com Deus, os seus lábios se mexiam, apesar de não se ouvir o sonido da sua voz, ela fez um voto ao Senhor. Ele ouviu o clamor dela e concedeu-lhe um filho. Leia essa história aqui👉 Ana, Mulher Atribulada, Não Embriagada No AT a esterilidade era

Samuel e o Próprio Deus são Rejeitados

Imagem
  Lisens:  CC BY SA 4.0 Samuel e o Próprio Deus são Rejeitados (Complemento do artigo anterior) Os filhos de Israel sempre foram ingratos, esquecendo-se das obras de Deus, e de todas às vezes que clamavam por socorro e eram atendidos, agora além de desprezarem Samuel, rejeitaram a soberania de Deus. Já vimos que a mãe de Samuel, Ana, sob os cuidados de Eli, sumo sacerdote e juiz de Israel, entregou seu filho a Deus, e o menino cresceu aprendendo a Palavra de Deus. Samuel começou seu ministério como profeta muito jovem e foi o primeiro profeta de Israel (mencionado na Bíblia - Atos 3.24) e o último juiz. Se ainda não leu o início da história de Samuel, então leia neste artigo 👉 A Fidelidade e a Santidade de Samuel . O Início da Monarquia Samuel exortou o povo a abandonar seus ídolos, aproximar-se mais de Deus e preparar seus corações para o Senhor, que Ele libertará Israel das mãos dos filisteus. Samuel também convocou todo o Israel para congregar em Mizpá, ali houve arrependimento, je

A Fidelidade e a Santidade de Samuel

Imagem
Atribuição: Frank William Warwick Topham, Domínio, via Wikimedia Commons A Fidelidade e a Santidade de Samuel Samuel além de sacerdote, foi o primeiro profeta e o último juiz de Israel, e Deus o honrou por sua fidelidade e santidade. O s pais Elcana e Ana foram abençoados e tiveram filhos e filhas. Ana, uma mulher atribulada de espírito, mas não embriagada, derramou a sua alma perante o Senhor. ( cf 1 Samuel 1:15). Deus ouviu o balbuciar dos seus lábios e Ana deixou de ser estéril. Ela chamou o seu primeiro filho de Samuel que significa: “nome de Deus”. Samuel foi entregue a Deus por sua mãe, ainda criança aos cuidados de Eli, sumo sacerdote e juiz de Israel, os pais Elcana e Ana foram abençoados por Eli e ela teve três filhos e duas filhas. Samuel cresceu na presença de Deus, mesmo com os maus exemplos dos filhos de Eli, ele não se desviou dos caminhos do Senhor e foi fiel até a sua morte. A cada ano a mãe do menino leva uma túnica para o filho, ele crescia conhecendo a Palavra do S