Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Trabalhadores na vinha

Terá, Pai de Abraão

Imagem
  Foto modificada. Fonte da foto original: imb Terá, Pai de Abraão Terá, pai de Abraão. A Bíblia nos dá poucas informações sobre Terá. Ele chegou em Ur atraído pela prosperidade do lugar, mas além da riqueza, Terá adquiriu os costumes pagãos da região. Era descendente da linhagem de Sem, um dos filhos de Noé. Seus filhos Abraão, Naor e Harã nasceram em Ur.  "E viveu Terá setenta anos, e gerou a Abrão, a Naor, e a Harã.” (Gn 11.26). O filho, Abraão, se casou com a sua meia irmã Sara, o que significa que Terá teve uma filha com outra mulher, essa informação pode ser conferida em Gênesis 20.12. Naor se casou com a sobrinha Milca, filha de Harã, este morreu em Ur. Terá e seus parentes saíram de Ur para ir a Canaã e ao chegarem em Harã habitaram ali. "E tomou Terá a Abrão seu filho, e a Ló, filho de Harã, filho de seu filho, e a Sarai sua nora, mulher de seu filho Abrão, e saiu com eles de Ur dos caldeus, para ir à terra de Canaã; e vieram até Harã, e habitaram ali."  (Gêne

Deus é Justo?

Imagem
Deus é Justo? Será que as horas de trabalho que você gastou para concluir a sua tarefa podem influenciar o seu salário? Como pode um trabalhador, que trabalhou menos tempo para concluir a mesma tarefa, receber o mesmo salário que você recebeu? No Novo Testamento, a parábola dos trabalhadores na vinha, envolve, aparentemente, certa dúvida a respeito da justiça de Deus. Deus é Justo? Essa questão foi bem esclarecida por meu amigo José Maria, diácono da igreja que congrego. Inspirado pelo Espírito Santo, ele fez este sermão: Sermão Baseado em Mateus 20.1-16 “Esse texto bíblico nos traz algo muito importante sobre o Reino dos Céus. Enquanto no mundo terreno o tempo de trabalho dá “status¹", estabilidade e poder; no Reino de Deus isso não conta muito. Pois o que importa não é o tempo de casa, ou seja, de igreja; e sim a primazia² do serviço prestado para Deus. Muitas vezes pensamos que por ter alguns anos no caminho do Senhor somos melhores que os novos convertidos, todavi