Terá, Pai de Abraão

Imagem
  Foto modificada. Fonte da foto original: imb Terá, Pai de Abraão Terá, pai de Abraão. A Bíblia nos dá poucas informações sobre Terá. Ele chegou em Ur atraído pela prosperidade do lugar, mas além da riqueza, Terá adquiriu os costumes pagãos da região. Era descendente da linhagem de Sem, um dos filhos de Noé. Seus filhos Abraão, Naor e Harã nasceram em Ur.  "E viveu Terá setenta anos, e gerou a Abrão, a Naor, e a Harã.” (Gn 11.26). O filho, Abraão, se casou com a sua meia irmã Sara, o que significa que Terá teve uma filha com outra mulher, essa informação pode ser conferida em Gênesis 20.12. Naor se casou com a sobrinha Milca, filha de Harã, este morreu em Ur. Terá e seus parentes saíram de Ur para ir a Canaã e ao chegarem em Harã habitaram ali. "E tomou Terá a Abrão seu filho, e a Ló, filho de Harã, filho de seu filho, e a Sarai sua nora, mulher de seu filho Abrão, e saiu com eles de Ur dos caldeus, para ir à terra de Canaã; e vieram até Harã, e habitaram ali."  (Gêne

Quem Foi Esse Homem Ousado?

St-Peter from-Christ-and-the-Apostles
St Peter from Christ and the Apostles free public domain image

 Quem Foi Esse Homem Ousado?

Quem foi esse homem ousado que agia por impulso a ponto de cortar a orelha do soldado a espada para defender o Mestre? Ele estava sempre disposto a enfrentar desafios considerados impossíveis como andar sobre as águas, ainda que em certo momento tenha vacilado, ele demonstrou atitude de fé e ousadia. Com certeza você já sabe quem é esse personagem bíblico. Ah! Não sabe? Então vamos conhecê-lo.




Ele é bem conhecido como o apóstolo Pedro, possivelmente o seu nome de batismo era Simeão de origem hebraica. Simão com pronúncia parecida pode ter sido adotado por ele (Cf Atos 15:14 e 2 Pedro 1:1). Jesus olha para Simão e muda o nome dele para Cefas, do aramaico "Kefa", o mesmo que Pedro, tanto na versão grega, quanto na aramaica este nome significa rocha, pedra.


"E levou-o a Jesus. E, olhando Jesus para ele, disse: Tu és Simão, filho de Jonas; tu serás chamado Cefas (que quer dizer Pedro)." (João 1:42).




Pedro era irmão de André, o pai era Jonas e moravam em  Betsaida, lado norte do Mar da Galiléia (Cf João 14.4). Quando foram chamados por Jesus estavam morando em Cafarnaum na Galileia. Sabemos que Pedro era casado, porque a sogra dele estava enferma (Cf Marcos 1.29-31 A cura da sogra de Pedro). Ele falava o aramaico e também um pouco do Grego, pois estava sempre em contato com os gentios (estrangeiros) por conta da sua profissão de pescador.


Deseho-homem-santo-bastão


Foi um dos primeiros discípulos a ser escolhidos por Jesus, e dos doze discípulos, é o que mais se destaca. Reconheceu que Jesus era o Cristo o filho de Deus (Cf Mateus 16.16). Jesus dá uma missão importante a Pedro, que é apascentar suas ovelhas, ou seja, os convertidos em Cristo (Cf João 21.17).



Pedro como sempre impulsivo, não permitiu a Jesus de lavar-lhe os pés, contudo ao ouvir do Mestre que se não o deixasse não teria parte com Ele, então pediu a Jesus que não lavasse apenas os pés, mas também as mãos e a cabeça. (Cf João 13.8-9).


COMPRE AQUI 👇

Livro-Aprendendo-com-os-apóstolos

Esse apóstolo destemido passou por momentos de fraqueza e muito medo. Jesus predisse que ele o negará três vezes, mas Pedro disse a Jesus com muita firmeza que de modo nenhum o negará, ainda que seja necessário morrer com Cristo, no entanto ao ser reconhecido pela criada do sumo sacerdote por falar semelhante aos da região da Galileia, ele o negou conforme predito por Jesus (Cf Marcos 14.30-31,66-72).



Samaritanos e Galileus eram menosprezados. Havia uma certa rivalidade entre os judeus da Judeia e os judeus da Galileia. Os da Galileia eram considerados inferiores no tocante a cultura e a religião e tratados com zombaria e como gentios (estrangeiros). O sotaque de Pedro o denunciou, isso fez com que ele temesse mais ainda. Esse desprezo é notado em várias passagens do Novo Testamento (João 1.46; 7.41,52; 8.48 e outras).




Apesar de Pedro ter uma educação limitada, no dia de pentecostes, ele pregou o evangelho e cerca de três mil pessoas se converteram (Cf Atos 2.41). Ele iniciou pregando para os judeus. Deus o preparou para levar o evangelho a outros povos e, através de uma visão, Pedro entende o recado de Deus e recebe os estrangeiros que o levaram a casa do centurião Cornélio em Cesareia para pregar as Boas Novas.


Ensino-religioso


O preconceito referente aos gentios foi quebrado. Havia muita gente reunida na casa de Cornélio, Pedro disse a todos que estavam reunidos ali a respeito da religião dos judeus que não permite a amizade com não judeus ou que entrem nas suas casas, mas Deus mostrou a Pedro que ele não deve chamar ninguém de impuro ou sujo.


Referências da pregação de Pedro na casa de Conélio:

Atos 10 > Cornélio vs. 1-8; Visão de Pedro vs. 9-16; Enviados de Cornélio vs. 17-22; Pedro na casa de Cornélio vs. 23-43; O Espírito Santo sobre os gentios vs. 44-48.


Pedro foi criticado pelos apóstolos e irmãos judeus que estavam na Judeia por entrar na casa de gentios e pregar a Palavra de Deus.


"Quando Pedro voltou para Jerusalém, aqueles que queriam que os não judeus fossem circuncidados o criticaram, dizendo: —Você ficou hospedado na casa de homens que não são circuncidados e até tomou refeições com eles!" (Atos 11.2-3).

 

Curso-de-Teologia

O nome do apóstolo Pedro aparece nos evangelhos, livro de Atos e em Gálatas 1.18; 2.7-14. Os escritos de Pedro são as Epístolas de 1ª e 2ª Pedro do Novo Testamento. Ele se identifica como: “Pedro, apóstolo de Jesus Cristo”, calcula-se que foram escritas entre 60 e 65 d.C. Ainda que tenham sido escritas neste período, continuam sendo atuais. 


Paralelo entre o capítulo 2 de 1 Pedro e o capítulo 53 de Isaías


Era verdadeiro


1 Pedro 2.22 -- “Ele não cometeu nenhum pecado, e nunca disse uma só mentira.”


.

Isaías 53.9 -- “...embora nunca tivesse cometido crime nenhum, nem tivesse dito uma só mentira.”


Levou os nossos pecados


1 Pedro 2.24 -- “Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; 


Isaías 53.12 -- “...Ele levou a culpa dos pecados de muitos e orou pedindo que eles fossem perdoados. ”



Pelo sacrifício dEle fomos sarados


1 Pedro 2.24 -- “...e pelas suas feridas fostes sarados.”


Isaías 53.5 -- “... somos sarados pelos ferimentos que ele recebeu.”



Éramos como ovelhas perdidas


1 Pedro 2.25 -- “Vocês eram como ovelhas que haviam perdido o caminho…”


Isaías 53.6 -- “Todos nós éramos como ovelhas que se haviam perdido…”



👉Leia também Uma Luz Transformadora e O Discípulo Amado 


Conclusão


Muitas vezes queremos ser perfeitos demais e esquecemos que somos imperfeitos. O processo da perfeição é longo e trabalhoso. É necessário conhecer a nossa natureza para vencermos os desafios que o mundo nos oferece com o objetivo de nos atrair para uma vida de erros e enganos.



O apóstolo Pedro nos mostra que é possível prosseguir, mesmo caindo, porque quando caímos, uma mão salvadora estará pronta para nos levantar e podemos continuar a nossa caminhada na direção certa até chegarmos no limite da perfeição.




Baseado na Bíblia Sagrada




Por Julio Ferreira Lima





Referências dos textos Bíblicos:


Nova Tradução na Linguagem de Hoje - NTLH (Bíblia Online)





Referência Bibliográfica


BÍBLIA, Português. Bíblia de Estudo de Genebra. 2ª edição. Tradução de J. F. de Almeida. Edição revista e atualizada. Barueri, SP: Sociedade Bíblica do Brasil (SBB); São Paulo, SP: Editora Cultura Cristã, 1999. 1728 p



Comentários


Postagens mais visitadas deste blog

Samaritanos e Judeus Adoradores em Conflitos

José, de Escravo a Governador do Egito

Liberdade com Deus

O Fim do Reino de Judá