Postagens

Mostrando postagens com o rótulo israelitas

A Morte de Saul, Davi é Rei Sobre Israel

Imagem
Atribuição: Gerard van Honthorst, Public domain, via Wikimedia Commons A Morte de Saul, Davi é Rei Sobre Israel Davi Parte 4 Passaram-se três dias da derrota dos amalequitas, Davi estava em Ziclague, veio do arraial de Saul a Davi, um homem que se lançou no chão, e se inclinou diante de Davi. Ele disse que escapou do arraial de Israel e contou-lhe que o rei Saul o pediu para matá-lo. Ele o matou e levou a coroa e o bracelete de Saul a Davi, crendo ter feito um bem a Davi, disse ainda que Jônatas também morreu na peleja contra os filisteus. Davi chamou um dos seus moços para ferir aquele homem por ele não temer estender a mão para matar o ungido do Senhor ( cf  2 Samuel 1.14-15). Pois Davi lhe dissera: O teu sangue seja sobre a tua cabeça, porque a tua própria boca testificou contra ti, dizendo: Eu matei o ungido do Senhor (2 Samuel 1.16). Ele e seus homens rasgaram as suas vestes e prantearam a morte de Saul e Jônatas. Ele não permitiu que publicasse em Gate para que as filhas dos fil

Revelando os Mistérios do Cântico de Ana

Imagem
  Fonte Pikist Revelando os Mistérios do Cântico de Ana No cântico de Ana há mistérios que podem ser revelados através de observações minuciosas que nos levam a um entendimento mais profundo.   Motivo da Adoração do Cantico de Ana Antes de entrar na profundidade desse poema, precisamos entender o motivo da adoração de Ana com esse cântico poético. No artigo anterior foi exposto o sofrimento de Ana e como ela teve a sua petição atendida.     Havia um conflito entre Ana e Penina, a segunda esposa de Elcana. Ana não podia ter filhos; Penina tinha filhos e filhas. Ela, se valendo da sua fertilidade, humilhava Ana com a intenção de irritá-la ( cf 1 Samuel 1.4-7).     Ana estava com amargura de alma e clamou ao Senhor intensamente. Na sua conversa com Deus, os seus lábios se mexiam, apesar de não se ouvir o sonido da sua voz, ela fez um voto ao Senhor. Ele ouviu o clamor dela e concedeu-lhe um filho. Leia essa história aqui👉 Ana, Mulher Atribulada, Não Embriagada No AT a esterilidade era

Elias e a Idolatria de Acabe e Jezabel

Imagem
Atribuição: Louis Hersent, Public domain, via Wikimedia Commons Elias e a Idolatria de Acabe e Jezabel A história de Elias na Bíblia discorre com alguns períodos difíceis de ameaças, fugas e medo. Contudo a coragem, a fé e as suas profecias contra a idolatria de Israel marcaram a trajetória desse profeta de Deus. A trama termina com sua ascensão ao céu. No ano trigésimo oitavo de Asa, rei de Judá, Acabe, filho de Onri, começou a reinar em Israel e reinou em Samaria por vinte e dois anos. A idolatria de Acabe foi além dos reis que o antecederam. Ele fez o que era mau aos olhos do Senhor, e como se não bastasse seguir os caminhos do pai, que não se afastou dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, se casou com Jezabel, a filha de Etbaal, rei dos sidônios. Acabe serviu a Baal e se curvou diante dele. Edificou a casa de Baal em Samaria e levantou um altar a Baal. Além de fazer um bosque desagradando sobremaneira o Deus de Israel. ( cf 1 Reis 16.29-33). Etbaal, sacerdote de Astarte e rei d