Samuel e o Próprio Deus são Rejeitados

Imagem
  Lisens:  CC BY SA 4.0 Samuel e o Próprio Deus são Rejeitados (Complemento do artigo anterior) Os filhos de Israel sempre foram ingratos, esquecendo-se das obras de Deus, e de todas às vezes que clamavam por socorro e eram atendidos, agora além de desprezarem Samuel, rejeitaram a soberania de Deus. Já vimos que a mãe de Samuel, Ana, sob os cuidados de Eli, sumo sacerdote e juiz de Israel, entregou seu filho a Deus, e o menino cresceu aprendendo a Palavra de Deus. Samuel começou seu ministério como profeta muito jovem e foi o primeiro profeta de Israel (mencionado na Bíblia - Atos 3.24) e o último juiz. Se ainda não leu o início da história de Samuel, então leia neste artigo 👉 A Fidelidade e a Santidade de Samuel . O Início da Monarquia Samuel exortou o povo a abandonar seus ídolos, aproximar-se mais de Deus e preparar seus corações para o Senhor, que Ele libertará Israel das mãos dos filisteus. Samuel também convocou todo o Israel para congregar em Mizpá, ali houve arrependimento, je

Elias e a Idolatria de Acabe e Jezabel



Elias Ressuscitando o Filho da Viúva de Sarepta
Atribuição: Louis Hersent, Public domain, via Wikimedia Commons

Elias e a Idolatria de Acabe e Jezabel

A história de Elias na Bíblia discorre com alguns períodos difíceis de ameaças, fugas e medo. Contudo a coragem, a fé e as suas profecias contra a idolatria de Israel marcaram a trajetória desse profeta de Deus. A trama termina com sua ascensão ao céu.




No ano trigésimo oitavo de Asa, rei de Judá, Acabe, filho de Onri, começou a reinar em Israel e reinou em Samaria por vinte e dois anos. A idolatria de Acabe foi além dos reis que o antecederam.


Ele fez o que era mau aos olhos do Senhor, e como se não bastasse seguir os caminhos do pai, que não se afastou dos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, se casou com Jezabel, a filha de Etbaal, rei dos sidônios.


Acabe serviu a Baal e se curvou diante dele. Edificou a casa de Baal em Samaria e levantou um altar a Baal. Além de fazer um bosque desagradando sobremaneira o Deus de Israel. (cf 1 Reis 16.29-33).





Etbaal, sacerdote de Astarte e rei de Tiro; Onri, rei de Israel. Os reinados de Etbaal e de Onri deram-se na mesma época, eles selaram uma aliança de família. Essa aliança causou o afastamento dos israelitas na adoração ao único Deus de Israel e as consequências religiosas duraram durante todo o reinado de Acabe.




O casamento de Acabe com Jezabel, embora por razões políticas, provavelmente arrumado por Onri, comprometeu o sistema religioso no reino do Norte. Acabe e Jezabel levaram o povo a se desviar dos caminhos de Deus, eles promoveram a adoração a Baal na tentativa de superar o culto ao verdadeiro Deus de Israel. Os israelitas influenciados pela liderança política, pecaram contra Deus.





Quem é Jezabel?

Segundo o dicionário de nomes, Jezabel é de origem hebraica: Iyzebel ou Izével significa: Baal exalta, Baal é marido ou onde está o príncipe? Fonte: Dicionário de Nomes Próprios. Jezabel era uma princesa fenícia; também era uma sacerdotisa e prestava sacrifícios aos ídolos, sendo Baal o seu maior ídolo.




No livro de Apocalipse, Jezabel afirma ser profetisa, ensina e engana os servos de Deus para que se prostituem e comam das carnes sacrificadas aos ídolos. Diz também que Deus deu um prazo para ela se converter, porém ela não se converteu da sua prostituição. (cf Apocalipse 2.21-22). Além de pagã, Jezabel era má e vingativa.




Essa afirmativa se encontra no livro de 1 Reis 19.1-2, quando Acabe informou-lhe que Elias matou todos os profetas dela à espada. Ela ficou temerosa, pois a sua posição como sacerdotisa do culto a Baal estava em risco, logo a sacerdotisa o intimidou dizendo que lhe faria, no dia seguinte, o mesmo que ele fizera aos profetas dela.







Elias, O Tisbita


Elias, o tisbita de Gileade, seu nome significa: o Senhor é meu Deus, seu ministério começou por volta de 900 a.C. nos reinados de Acabe e Acazias, morava na terra de Gileade a leste do Rio Jordão.



Ele foi profeta do Reino do Norte. Fatos principais do profeta se encontra em: 1 Reis 17 – 19; 21.17-29; 2 Reis 1 – 2. A missão de Elias tinha o objetivo de fazer com que os israelitas largassem a idolatria para voltarem a ser fiel ao Deus de Israel. Ele foi chamado para ser porta-voz de Deus.





Todos que se afastaram de Jeová para seguir a Baal acreditavam que ele tinha o controle sobre os elementos da natureza, por ser o deus da fertilidade e da vida. Deus usou o profeta para anunciar o castigo que virá sobre Israel, uma seca com duração de três anos e seis meses.



Todo Israel saberá que o controle sobre os elementos da natureza quem tem é o Deus de Israel. É Ele que controla os elementos e toda a fertilidade e vida, assim a chuva seria impedida de cair sobre à terra. Essa disciplina afetaria Acabe e Jezabel.


“Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra.” (Tiago 5.17).




Os Corvos Alimentam Elias

Deus ordenou a Elias para retirar-se dali, ir para o oriente de Samaria e esconder-se junto ao ribeiro de Querite. Ali Deus sustentou o profeta durante a seca, Elias havia enfrentado Acabe e teria que fugir da fúria do rei.



Todavia o Senhor protegeu o profeta e ordenou aos corvos que o alimente pela manhã e a noite com pão e carne. Os corvos obedeceram à ordem do Senhor. Todas as manhãs levavam pão e carne, e faziam o mesmo à noite. Ele comia e bebia do ribeiro. (cf 1 Reis 17.1-6).





A Viúva de Sarepta Sustenta o Profeta


Passados dias, o ribeiro secou, pois, não havia chuva. Então Deus ordena a Elias que se levante, e o enviou a Sarepta, porque Ele ordenou a uma mulher viúva que o sustentasse. 
Ao chegar em Sarepta, pediu à mulher água e um bocado de pão, porém ela só tinha um punhado de farinha e um pouco de azeite para ela e o filho comerem e depois morrer.



O profeta disse-lhe para não temer e mandou fazer primeiro um bolo para ele e depois fazer para ela e o filho. Pois, Deus falou que a farinha da panela não acabará e o azeite da botija não faltará até que haja chuva sobre a terra. A mulher obedeceu ao homem de Deus e a Palavra se cumpriu. Eles comeram por muitos dias e a fé da mulher foi fortalecida.



O Filho da Viúva

Depois o filho da viúva ficou doente e a enfermidade foi tão grave que ele faleceu. Em meio ao desespero da mãe, o homem de Deus pegou o menino e orou a Deus. Então o Senhor restaurou a vida do moço em resposta à oração de Elias. Esse profeta realizou grandes milagres porque Deus sempre respondia a sua oração. (cf 1 Reis 17.9-24).





Conclusão

Elias foi um homem de oração e muita coragem, porém com as nossas mesmas limitações, após confrontar os reis de Israel, provando o poder de Deus, Elias precisou refugiar-se, contudo Deus o protegeu e providenciou o seu sustento, mesmo no período de seca e fome em Israel.



A farinha da panela não acabou nem o azeite na botija faltou. É assim que Deus faz quando reconhecemos o seu poder e a sua autoridade. Caminhando apenas na direção dEle.


Leia a continuação deste artigo aqui 👉 Elias, Um Verdadeiro Homem de Deus  



Baseado na Bíblia Sagrada



Por Julio Ferreira Lima







Referências dos textos Bíblicos:

Almeida Corrigida Fiel - ACF (Bíblia Online)



Referência Bibliográfica

BÍBLIA, Português. Bíblia de Estudo de Genebra. 2ª edição. Tradução de J. F. de Almeida. Edição revista e atualizada. Barueri, SP: Sociedade Bíblica do Brasil (SBB); São Paulo, SP: Editora Cultura Cristã, 1999. 1728 p   

Comentários

  1. Bom dia, amigo Julio!
    Que leitura edificante para comecar bem o dia.

    Obrigada pela partilha!

    Ótima terça-feira

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, amiga, que bom que gostou, a Palavra de Deus nos fortalece a cada dia. Que o Senhor abençoe a irmã grandemente.

      Um abraço carinhoso na irmã 🤗 Paz!

      Excluir

Postar um comentário

Deixe o seu comentário para incentivar o nosso trabalho, será de grande valia para o crescimento do blog. Obrigado. Volte sempre.


Postagens mais visitadas deste blog

Jesus Dava Exemplos de Gratidão?

Jacó Foi Trapaceiro?

José, de Escravo a Governador do Egito

A Consolação de Israel