Terá, Pai de Abraão

Imagem
  Foto modificada. Fonte da foto original: imb Terá, Pai de Abraão Terá, pai de Abraão. A Bíblia nos dá poucas informações sobre Terá. Ele chegou em Ur atraído pela prosperidade do lugar, mas além da riqueza, Terá adquiriu os costumes pagãos da região. Era descendente da linhagem de Sem, um dos filhos de Noé. Seus filhos Abraão, Naor e Harã nasceram em Ur.  "E viveu Terá setenta anos, e gerou a Abrão, a Naor, e a Harã.” (Gn 11.26). O filho, Abraão, se casou com a sua meia irmã Sara, o que significa que Terá teve uma filha com outra mulher, essa informação pode ser conferida em Gênesis 20.12. Naor se casou com a sobrinha Milca, filha de Harã, este morreu em Ur. Terá e seus parentes saíram de Ur para ir a Canaã e ao chegarem em Harã habitaram ali. "E tomou Terá a Abrão seu filho, e a Ló, filho de Harã, filho de seu filho, e a Sarai sua nora, mulher de seu filho Abrão, e saiu com eles de Ur dos caldeus, para ir à terra de Canaã; e vieram até Harã, e habitaram ali."  (Gêne

O Início de Tudo

Ilustração digital "Início de Tudo"


O Início de Tudo

O início de tudo é revelado no livro de Gênesis da Bíblia Sagrada. O enredo começa com a criação de todas as coisas. Deus na sua soberania, onipresença, onisciência e onipotência entre outros atributos fez os céus e a terra e tudo o que nela há com muita perfeição.



Deus viu que tudo que tinha feito era bom. A Bíblia mostra que Ele criou todas as coisas e que Deus já existia antes de tudo: "Porque nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele. Ele é antes de todas as coisas, e nele subsistem todas as coisas;" (Colossenses 1.16-17).



No capítulo 2 do livro de Gênesis vemos o relato de que Deus ao terminar a sua obra no sétimo dia, descansou. Ele abençoou o sétimo dia e o santificou, porque, nele, descansou de toda a sua obra. Ainda nesse capítulo conta a história das origens dos céus e da terra no tempo em que foram criados. A terra ainda não havia recebido de Deus a chuva, contudo brotava água em todo o solo para irrigar toda a terra.



O homem foi formado¹ do pó da Terra e Deus deu vida ao homem ao soprar em suas narinas. Deus plantou um jardim no Éden e presenteou o homem com esse jardim para ele cuidar e cultivar. Ali nascia um rio que irrigava o jardim e esse rio se dividia em quatro. (Cf Gn. 2.11-14). O homem deu nomes a todos rebanhos domésticos, aves do céu e animais selvagens.



Deus fez o homem cair em um sono profundo e, de uma das costelas dele formou² a mulher, porque o Senhor viu que o homem estava só, logo Deus deu em casamento a Adão uma bela mulher. Então o homem disse: "Esta, sim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada mulher, porque do homem foi tirada" (Gn 2.23).


“Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne (Gn 2.24). Foi instituído o primeiro casamento entre o homem e a mulher no Éden.





A Desobediência


Adão, Eva e a serpente na ávore


Adão e Eva refletiam a imagem de Deus, porque o homem foi feito à sua imagem e semelhança. Eles  tinham uma vida sem pecado e na virada do dia Deus conversava com Adão. O homem tinha o domínio sobre a terra e o lugar onde vivia os animais eram mansos, porque o homem não conhecia o mal.



No Jardim do Éden todas as árvores davam frutos bons para comer, mas Deus ordenou a Adão que todos os frutos das árvores do Jardim do Éden podia comer, exceto os da árvore que estava no meio do jardim, a árvore do conhecimento do bem e do mal.



Eva, a mulher que Deus deu ao homem, Adão, foi enganada pela serpente, Satanás. O próprio Diabo usou uma serpente para persuadir Eva a desobedecer a ordem de Deus dada a Adão. Então Eva comeu o fruto proibido e deu a Adão. Assim que comeram, perceberam que estavam nus e cobriram a sua nudez; antes estavam nus e não se envergonhavam, porque estavam na dispensação da inocência.  

 


Deus fez a Adão, e a mulher de Adão, túnicas de pele e os vestiu. Esse ato da desobediência de Adão e Eva trouxe consequências de sofrimento, destruição e dor. Eles se distanciaram de Deus e foram expulsos do Jardim do Éden. Tiveram um filho e deram o nome de Caim, esse foi lavrador da terra.



Depois Eva gerou outro filho e deram o nome de Abel, que foi pastor de ovelhas. Após algum tempo, Caim ofertou ao Senhor com os frutos da terra e Abel com o primogênito das suas ovelhas, e da sua gordura. Deus se agradou de Abel e aceitou a oferta dele; porém Ele não se agradou de Caim e não aceitou a sua oferta.



Caim não dominou o desejo de matar


Caim matando Abel



No  capítulo 4 de Gênesis encontra-se a narração do primeiro homicídio. Caim ficou irado porque Deus não aceitou a oferta dele. O Senhor perguntou a Caim por que ele estava irado, e por que o seu semblante estava caído; e Deus disse a Caim que se ele procedesse bem seria aceito, contudo o mal estava no coração de Caim.




Ele não dominou o desejo de matar seu irmão Abel. Caim foi amaldiçoado por ter matado seu irmão Abel, agora será fugitivo e errante pela terra. Deus coloca um sinal em Caim e quem o matar será sete vezes castigado. Saiu Caim e habitou na terra de Node, do lado oriental do Éden.

 


O homem é livre para decidir a vida que deseja ter. A sua escolha é que vai determinar o seu futuro. Escolher uma vida reta seguindo os preceitos de Deus é a escolha mais coerente, mas quem escolhe uma vida desregrada longe de Deus, escolhe a sua própria morte espiritual.




Após o assassinato de Abel, Adão e Eva tiveram um filho, Adão deu-lhe o nome de Sete. Depois do nascimento de Sete, Adão e Eva tiveram filhos e filhas (Cf Gênesis 5.4). Durante os dias de Enos, filho de Sete, começou-se a invocar ao Senhor. Eram poucos os que adoravam o Senhor. 







Deus arrependeu-se de ter feito o homem


A perversidade do homem levou Deus a reduzir os seus dias para cento e vinte anos, porque o Senhor não queria contender o Espírito Dele com o homem para sempre. A corrupção diante de Deus e a violência havia tomado conta do homem sobre a face terra.



Deus viu que a maldade do homem se multiplicara e que o seu pensamento e o seu coração era má. Então Deus arrependeu-se de ter feito o homem. isso deixou o coração de Deus muito triste. por esse motivo, resolveu desaparecer com o homem da face da terra.



Apenas Noé era um homem justo e íntegro e estava com o Senhor. Então Deus deu orientações a Noé para fazer uma arca, porque ia inundar a terra com o dilúvio. Noé com a sua esposa, os filhos e as esposas dos filhos entraram na arca. Deus havia orientado a Noé para colocar na arca dois animais de cada, macho e fêmea, segundo a sua espécie (Cf Gn 6.1-22).



O dilúvio durou quarenta dias e quarenta noites, terminado o dilúvio, Noé, sua esposa e seus filhos Sem, Cam e Jafé com as suas esposas saem da arca. Deus abençoou Noé e sua família e fez aliança com Noé. Deus prometeu não destruir mais a terra com o dilúvio. Ele colocou o arco dEle como sinal da aliança entre Ele e a terra. (Cf Gênesis 9.1-17).





A Torre de Babel


A Torre de Babel

Os três filhos de Noé povoaram a terra e construíram cidades. Ninrode, neto de Cam e bisneto de Noé, foi o primeiro homem poderoso na terra. Era um grande caçador e Deus estava com ele; iniciou o seu reino em Babel, Ereque, Acade e Calné, na terra de Sinear. 



Construíram uma cidade com uma torre e com o objetivo de serem famosos e de não serem espalhados pela terra, todavia Deus não se agradou da torre que estavam construindo, como todos falavam uma mesma língua, Deus confundiu a língua do povo na terra espalhando o homem pela terra conforme a sua língua (Cf Genesis 11.1-9).





Conclusão


O homem é livre para viver uma vida reta com as bênçãos de Deus ou uma vida longe de Deus sem nenhum compromisso com Ele. Quando o homem pecou ao comer o fruto da árvore vetada por Deus, ele perdeu a semelhança que tinha com Deus.



Agora terá que lutar contra o mal para reconquistar essa semelhança, pois a antiga serpente, Satanás, continua enganando o mundo. “O grande dragão foi lançado fora. Ele é a antiga serpente chamada Diabo ou Satanás, que engana o mundo todo. Ele e os seus anjos foram lançados à terra” (Ap 12.9).




Baseado na Bíblia Sagrada




Por Julio Ferreira Lima




Referencias
 

Bíblia online ACF Almeida Corrigida Fiel






INFORMAÇÕES:


  1. Formado: "E formou o Senhor Deus…” (Gn 2.7). Em Hebraico: וַיִּיצֶר VAYYTSER. E formou - O particípio presente deste verbo significa “oleiro” O homem foi modelado.


  1. Formou: E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão” (Gn 2.22). Em Hebraico: וַיִּבֶן VAYVEN. E formou[edificou] - A mulher foi mais trabalhada, ou seja, foi construída com mais detalhes, visto que, Deus edificou a mulher usando uma das costelas de Adão.

Comentários

  1. Como sempre seus artigos são de alto nível. Muito esclarecedores e edificantes.Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, valeu pelo incentivo, que Deus continue te abençoando sempre.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe o seu comentário para incentivar o nosso trabalho, será de grande valia para o crescimento do blog. Obrigado. Volte sempre.


Postagens mais visitadas deste blog

Samaritanos e Judeus Adoradores em Conflitos

José, de Escravo a Governador do Egito

Liberdade com Deus

O Fim do Reino de Judá