Samuel e o Próprio Deus são Rejeitados

Imagem
  Lisens:  CC BY SA 4.0 Samuel e o Próprio Deus são Rejeitados (Complemento do artigo anterior) Os filhos de Israel sempre foram ingratos, esquecendo-se das obras de Deus, e de todas às vezes que clamavam por socorro e eram atendidos, agora além de desprezarem Samuel, rejeitaram a soberania de Deus. Já vimos que a mãe de Samuel, Ana, sob os cuidados de Eli, sumo sacerdote e juiz de Israel, entregou seu filho a Deus, e o menino cresceu aprendendo a Palavra de Deus. Samuel começou seu ministério como profeta muito jovem e foi o primeiro profeta de Israel (mencionado na Bíblia - Atos 3.24) e o último juiz. Se ainda não leu o início da história de Samuel, então leia neste artigo 👉 A Fidelidade e a Santidade de Samuel . O Início da Monarquia Samuel exortou o povo a abandonar seus ídolos, aproximar-se mais de Deus e preparar seus corações para o Senhor, que Ele libertará Israel das mãos dos filisteus. Samuel também convocou todo o Israel para congregar em Mizpá, ali houve arrependimento, je

O Início de Tudo

Ilustração-digital-Início-de-Tudo

O Início de Tudo

O início de tudo é revelado no livro de Gênesis da Bíblia Sagrada. O enredo começa com a criação de todas as coisas. Deus na sua soberania, onipresença, onisciência e onipotência entre outros atributos fez os céus e a terra e tudo o que nela há com muita perfeição.




Deus viu que tudo que tinha feito era bom. A Bíblia mostra que Ele criou todas as coisas e que Deus já existia antes de tudo: "Porque nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele. Ele é antes de todas as coisas, e nele subsistem todas as coisas;" (Colossenses 1.16-17).



No capítulo 2 do livro de Gênesis vemos o relato de que Deus ao terminar a sua obra no sétimo dia, descansou. Ele abençoou o sétimo dia e o santificou, porque, nele, descansou de toda a sua obra. Ainda nesse capítulo conta a história das origens dos céus e da terra no tempo em que foram criados. A terra ainda não havia recebido de Deus a chuva, contudo brotava água em todo o solo para irrigar toda a terra.



O homem foi formado¹ do pó da Terra e Deus deu vida ao homem ao soprar em suas narinas. Deus plantou um jardim no Éden e presenteou o homem com esse jardim para ele cuidar e cultivar. Ali nascia um rio que irrigava o jardim e esse rio se dividia em quatro. (Cf Gn. 2.11-14). O homem deu nomes a todos rebanhos domésticos, aves do céu e animais selvagens.



Deus fez o homem cair em um sono profundo e, de uma das costelas dele formou² a mulher, porque o Senhor viu que o homem estava só, logo Deus deu em casamento a Adão uma bela mulher. Então o homem disse: "Esta, sim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada mulher, porque do homem foi tirada" (Gn 2.23).


“Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne (Gn 2.24). Foi instituído o primeiro casamento entre o homem e a mulher no Éden.





A Desobediência


Adão-Eva-e-a-serpente-na-ávore

Adão e Eva refletiam a imagem de Deus, porque o homem foi feito à sua imagem e semelhança. Eles  tinham uma vida sem pecado e na virada do dia Deus conversava com Adão. O homem tinha o domínio sobre a terra e o lugar onde vivia os animais eram mansos, porque o homem não conhecia o mal.



No Jardim do Éden todas as árvores davam frutos bons para comer, mas Deus ordenou a Adão que todos os frutos das árvores do Jardim do Éden podia comer, exceto os da árvore que estava no meio do jardim, a árvore do conhecimento do bem e do mal.



Eva, a mulher que Deus deu ao homem, Adão, foi enganada pela serpente, Satanás. O próprio Diabo usou uma serpente para persuadir Eva a desobedecer a ordem de Deus dada a Adão. Então Eva comeu o fruto proibido e deu a Adão. Assim que comeram, perceberam que estavam nus e cobriram a sua nudez; antes estavam nus e não se envergonhavam, porque estavam na dispensação da inocência.  

 


Deus fez a Adão, e a mulher de Adão, túnicas de pele e os vestiu. Esse ato da desobediência de Adão e Eva trouxe consequências de sofrimento, destruição e dor. Eles se distanciaram de Deus e foram expulsos do Jardim do Éden. Tiveram um filho e deram o nome de Caim, esse foi lavrador da terra.



Depois Eva gerou outro filho e deram o nome de Abel, que foi pastor de ovelhas. Após algum tempo, Caim ofertou ao Senhor com os frutos da terra e Abel com o primogênito das suas ovelhas, e da sua gordura. Deus se agradou de Abel e aceitou a oferta dele; porém Ele não se agradou de Caim e não aceitou a sua oferta.



Caim não dominou o desejo de matar

Caim-mata-Abel


No  capítulo 4 de Gênesis encontra-se a narração do primeiro homicídio. Caim ficou irado porque Deus não aceitou a oferta dele. O Senhor perguntou a Caim por que ele estava irado, e por que o seu semblante estava caído; e Deus disse a Caim que se ele procedesse bem seria aceito, contudo o mal estava no coração de Caim.



Ele não dominou o desejo de matar seu irmão Abel. Caim foi amaldiçoado por ter matado seu irmão Abel, agora será fugitivo e errante pela terra. Deus coloca um sinal em Caim e quem o matar será sete vezes castigado. Saiu Caim e habitou na terra de Node, do lado oriental do Éden.

 


O homem é livre para decidir a vida que deseja ter. A sua escolha é que vai determinar o seu futuro. Escolher uma vida reta seguindo os preceitos de Deus é a escolha mais coerente, mas quem escolhe uma vida desregrada longe de Deus, escolhe a sua própria morte espiritual.



Após o assassinato de Abel, Adão e Eva tiveram um filho, Adão deu-lhe o nome de Sete. Depois do nascimento de Sete, Adão e Eva tiveram filhos e filhas (Cf Gênesis 5.4). Durante os dias de Enos, filho de Sete, começou-se a invocar ao Senhor. Eram poucos os que adoravam o Senhor. 





Deus arrependeu-se de ter feito o homem


A perversidade do homem levou Deus a reduzir os seus dias para cento e vinte anos, porque o Senhor não queria contender o Espírito Dele com o homem para sempre. A corrupção diante de Deus e a violência havia tomado conta do homem sobre a face terra.



Deus viu que a maldade do homem se multiplicara e que o seu pensamento e o seu coração era má. Então Deus arrependeu-se de ter feito o homem. isso deixou o coração de Deus muito triste. por esse motivo, resolveu desaparecer com o homem da face da terra.



Apenas Noé era um homem justo e íntegro e estava com o Senhor. Então Deus deu orientações a Noé para fazer uma arca, porque ia inundar a terra com o dilúvio. Noé com a sua esposa, os filhos e as esposas dos filhos entraram na arca. Deus havia orientado a Noé para colocar na arca dois animais de cada, macho e fêmea, segundo a sua espécie (Cf Gn 6.1-22).



O dilúvio durou quarenta dias e quarenta noites, terminado o dilúvio, Noé, sua esposa e seus filhos Sem, Cam e Jafé com as suas esposas saem da arca. Deus abençoou Noé e sua família e fez aliança com Noé. Deus prometeu não destruir mais a terra com o dilúvio. Ele colocou o arco dEle como sinal da aliança entre Ele e a terra. (Cf Gênesis 9.1-17).




A Torre de Babel

Torre-Babel

Os três filhos de Noé povoaram a terra e construíram cidades. Ninrode, neto de Cam e bisneto de Noé, foi o primeiro homem poderoso na terra. Era um grande caçador e Deus estava com ele; iniciou o seu reino em Babel, Ereque, Acade e Calné, na terra de Sinear. 



Construíram uma cidade com uma torre e com o objetivo de serem famosos e de não serem espalhados pela terra, todavia Deus não se agradou da torre que estavam construindo, como todos falavam uma mesma língua, Deus confundiu a língua do povo na terra espalhando o homem pela terra conforme a sua língua (Cf Genesis 11.1-9).





Conclusão


O homem é livre para viver uma vida reta com as bênçãos de Deus ou uma vida longe de Deus sem nenhum compromisso com Ele. Quando o homem pecou ao comer o fruto da árvore vetada por Deus, ele perdeu a semelhança que tinha com Deus.



Agora terá que lutar contra o mal para reconquistar essa semelhança, pois a antiga serpente, Satanás, continua enganando o mundo. “O grande dragão foi lançado fora. Ele é a antiga serpente chamada Diabo ou Satanás, que engana o mundo todo. Ele e os seus anjos foram lançados à terra” (Ap 12.9).




Baseado na Bíblia Sagrada




Por Julio Ferreira Lima




Referencias
 

Bíblia online ACF Almeida Corrigida Fiel






INFORMAÇÕES:


  1. Formado: "E formou o Senhor Deus…” (Gn 2.7). Em Hebraico: וַיִּיצֶר VAYYTSER. E formou - O particípio presente deste verbo significa “oleiro” O homem foi modelado.


  1. Formou: E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão” (Gn 2.22). Em Hebraico: וַיִּבֶן VAYVEN. E formou[edificou] - A mulher foi mais trabalhada, ou seja, foi construída com mais detalhes, visto que, Deus edificou a mulher usando uma das costelas de Adão.

Comentários

  1. Como sempre seus artigos são de alto nível. Muito esclarecedores e edificantes.Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, valeu pelo incentivo, que Deus continue te abençoando sempre.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe o seu comentário para incentivar o nosso trabalho, será de grande valia para o crescimento do blog. Obrigado. Volte sempre.


Postagens mais visitadas deste blog

Jesus Dava Exemplos de Gratidão?

Jacó Foi Trapaceiro?

José, de Escravo a Governador do Egito

A Consolação de Israel