Postagens

Mostrando postagens com o rótulo José

A Trapaça de Jacó e Suas Consequências

Imagem
Atribuição: a Providence Litography Company, Domínio, via Wikimedia Commons A Trapaça de Jacó e Suas Consequências Jacó fugiu após trapacear o irmão, enganou o pai para receber a bênção da primogenitura no lugar de Esaú e sofreu as consequências.  Os pais, Isaque e Rebeca, mandaram o filho fugir da fúria de Esaú e disseram a Jacó para ir até à casa do irmão de Rebeca, Labão em Padã-Arã, e casar-se com uma das filhas do tio. Ele seguiu as orientações dos pais, ao chegar na casa do tio, gostou de Raquel, enganado pelo tio ao trabalhar por sete anos sem receber salário, em troca, casaria com a sua amada Raquel.  Bem, esse era o trato. Contudo, a esperteza do tio passou do limite, ele enganou Jacó, fez Lia, a filha mais velha, se passar por Raquel no dia do casamento. Neste blog há um artigo que conta a história de Jacó, todavia o que procurei enfatizar neste artigo é o fato de ele ter enganado o pai para receber uma benção que Deus já havia prometido, quando ele estava no ventre da mãe. E

O Clamor dos Filhos de Israel

Imagem
O Clamor dos Filhos de Israel Os filhos de Israel clamaram com grande dor e o clamor deles chegou até Deus causando uma onda de pragas que invadiu o Egito. Deus tirou o seu povo da escravidão com mão forte. O salmista diz que os olhos de Deus viram o embrião dele e todos os dias determinados para ele foram escritos no livro de Deus antes de qualquer desses dias existirem. ( cf Salmos 139.16). Deus sabe o antes e o depois de todas as coisas. Ele preparou todo o cenário para livrar seu povo da escravidão. Antes de sabermos como Deus libertou o povo dEle, precisamos saber como os Israelitas se tornaram escravos de Faraó. Para isso é necessário conhecer a história de José, aqui vou reduzir ao máximo para que possamos entender. José, um dos filhos de Israel, foi vendido como escravo para os ismaelitas por seus irmãos invejosos. Ele foi levado para o Egito e vendido para Potifar, capitão da guarda de Faraó. No Egito ele foi preso injustamente e após alguns anos no cárcere, ele interpretou o

A Consolação de Israel

Imagem
Adoration of the shepherds, by Gerard van Honthorst  Fonte:  Google Arts & Culture A Consolação de Israel Dois profetas do N.T. aguardavam a promessa de Deus, que traria a consolação de Israel, o Messias esperado por muitos e predito pelos profetas messiânicos. Essa consolação era a esperança que queimava no coração de Simeão e Ana. Para falar desses dois profetas, se faz necessário descrever o nascimento sobrenatural de Jesus. Houve um recenseamento na Judéia e José com sua esposa partiram da Galileia (conhecida como Galileia dos Gentios, por haver uma grande população gentia desde os tempos dos profetas) à Belém, cidade de Davi. Todos tinham que se alistar nas cidades de suas origens, porque era mais prático alistar famílias. Maria estava grávida e havia chegado a hora de dar à luz. Segundo o texto de Lucas, ela envolveu o filho primogênito em panos e, por não haver lugar para eles na estalagem, ela o deitou numa manjedoura. Há uma tradição que diz que eles estavam numa caverna n

Uma Descendência Ameaçada

Imagem
Uma Descendência Ameaçada Uma descendência ameaçada, devido a decisões fora da vontade divina. Judá seguiu o seu próprio caminho pensando ser suficiente os seus planos, os seus ideais e a sua vontade. Precisou Deus interferir nessa trama para que os planos dEle se cumprissem. “Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor; planos de paz, e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança.” (Jeremias 29.11). Há relatos na Bíblia de várias histórias surpreendentes, como a história de José que odiado por seus irmãos, foi ameaçado de morte, jogado no poço e vendido como escravo. Levado para o Egito pelos mercadores e vendido ao capitão da guarda de Faraó, Potifar gostou de José e o deixou responsável pela casa. Quando tudo parecia que estava tranquilo, foi acusado de violentar a mulher do seu senhor e o prenderam injustamente. Bem! Essa história está relatada com detalhes neste artigo: José, de Escravo a Governador do Egito . Também encontra-se no livro de Gênes

Amigo de Deus Parte 1

Imagem
  Amigo de Deus Parte 1 É muito fácil alguém falar que é amigo de Deus sem conhecer o verdadeiro valor dessa amizade. Ser amigo é ter intimidade, compartilhar os momentos alegres e tristes, mas, acima de tudo, ser fiel. A fidelidade é o grande segredo da verdadeira amizade. A Bíblia tem exemplos de personagens que foram fiéis a Deus e por conta dessa fidelidade associada à fé nEle conquistaram grandes vitórias. Davi , derrotou o gigante e foi escolhido por Deus para ser rei de Israel; Gideão foi exemplo de humildade e fidelidade, com apenas trezentos homens derrotou o exército inimigo; José, que por sua fidelidade a Deus, se tornou governador de todo o Egito. Poderia falar de muitos outros, mas neste artigo quero falar de um homem que por causa da sua fidelidade e da sua fé no único Deus foi chamado de amigo pelo próprio Deus. Abrão Creio que esse personagem é muito conhecido entre os cristãos, pode ser que algumas particularidades sejam desconhecidas de alguns. Para falar sobre ele pr