Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Salomão

A Morte de Saul, Davi é Rei Sobre Israel

Imagem
Atribuição: Gerard van Honthorst, Public domain, via Wikimedia Commons A Morte de Saul, Davi é Rei Sobre Israel Davi Parte 4 Passaram-se três dias da derrota dos amalequitas, Davi estava em Ziclague, veio do arraial de Saul a Davi, um homem que se lançou no chão, e se inclinou diante de Davi. Ele disse que escapou do arraial de Israel e contou-lhe que o rei Saul o pediu para matá-lo. Ele o matou e levou a coroa e o bracelete de Saul a Davi, crendo ter feito um bem a Davi, disse ainda que Jônatas também morreu na peleja contra os filisteus. Davi chamou um dos seus moços para ferir aquele homem por ele não temer estender a mão para matar o ungido do Senhor ( cf  2 Samuel 1.14-15). Pois Davi lhe dissera: O teu sangue seja sobre a tua cabeça, porque a tua própria boca testificou contra ti, dizendo: Eu matei o ungido do Senhor (2 Samuel 1.16). Ele e seus homens rasgaram as suas vestes e prantearam a morte de Saul e Jônatas. Ele não permitiu que publicasse em Gate para que as filhas dos fil

O Retorno a Sião

Imagem
O Retorno a Sião   Antes de relatarmos o retorno dos judeus a Sião, Jerusalém, vamos a uma pequena retrospectiva; o sistema de governo de Israel era Teocrático¹ , os profetas, sacerdotes e juízes transmitiam a vontade de Deus a seu povo. Todavia o povo queria um rei, até deu motivos aprazíveis que justificava o seu pedido, na verdade, queria ser igual às nações vizinhas, desprezando Samuel² e o próprio Deus ( C f 1 Samuel 8.6-7). O Senhor deu um rei, o mais forte e belo da parada, homem pra ninguém botar defeito, contudo impôs uma condição: o rei teria que governar obedecendo aos comandos de Deus . Saul, escolhido pela vontade permissiva de Deus³,   foi ungido por Samuel e, por 2 anos, foi um rei exemplar. A desobediência de Saul após esses dois anos fez com que Deus se arrependesse de o haver constituído rei de Israel.  “… E o Senhor se arrependeu de haver posto a Saul rei sobre Israel ” (1 Samuel 15.35). Deus manda Samuel ungir Davi, um jovem que cuidava das ovelhas do pai, enfre

A Fidelidade a Deus x às Tentações

Imagem
A Fidelidade a Deus x às Tentações Muitas vezes nós falamos que Deus está nos provando, mas será que Ele precisa saber se somos fiéis ou não? A verdade é que Deus não precisa provar a fidelidade de ninguém, porque Ele sabe a hora que você vai cair e quando você vai se levantar. Sou eu que tenho que mostrar a Deus que Ele pode contar com a minha fidelidade. É você que precisa mostrar a sua fidelidade a Ele. As tentações surgem a cada instante. Quem nunca foi tentado? Se alguém disser que não foi tentado está mentindo. O problema não é a tentação, mas como eu vou lidar com ela. Será que eu vou me render às tentações? Se olharmos o caso de Salomão podemos observar que ele, no início do seu reinado, provou fidelidade a Deus. O sucesso de Salomão não era porque ele foi o homem mais sábio do mundo. Foi a sua fidelidade a Deus que o fez crescer em riquezas e glórias.  A fidelidade precisa ser mantida na minha vida, pois é ela que vai garantir o meu relacionamento com Deus. Quando o homem con

As Tribos do Reino de lsrael Desapareceram?

Imagem
As Tribos do Reino de  Israel  Desapareceram? É de suma importância observar a história de Israel desde a sua formação. Saber como o povo de Deus era governado, antes de o primeiro rei de Israel ter sido ungido por Samuel, vai nos ajudar a compreender o por quê de Deus ter levantado o Rei da Assíria contra o Reino do Norte; então vamos dar um passeio no passado desta história fascinante? Breve Resumo do Início da História de Israel Com Abraão inicia-se o povo hebreu, aproximadamente há 4.000 anos. Deus prometeu a Abraão uma terra aos seus descendentes: “Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção. E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra” Gn 12.1-3. ”Abrão” (em hebraico Abram), que significa “Grande Pai”. A partir de

O Fim do Reino de Judá

Imagem
O  fim do Reino de Judá O Reino de Judá também é conhecido como Reino do Sul. No artigo: " Samaritanos e Judeus Adoradores em Conflitos " vimos que Israel era governada por um único rei, mas por conta da idolatria de Salomão Deus puniu Salomão por ter adorado a outros deuses. Então Deus levanta o profeta Aías para revelar a Jeroboão que Ele o havia escolhido para reinar sobre as dez tribos das doze de Israel (1 Reis  11.29-38). Em 1 Reis 2.1-3, Davi, já no fim da vida, ordena a Salomão que ele ande nos caminhos do Senhor, guarde as leis e siga os mandamentos de Deus para que prospere em tudo o que fizer aonde quer que vá. Ainda assim, Salomão fez o que era mal aos olhos de Deus e não perseverou em seguir o Senhor. Após a morte de Salomão, a divisão de Israel em dois reinos foi inevitável. O Reino do Norte sob o reinado de Jeroboão ficou com dez tribos e o Reino do Sul (Reino de Judá) ficou com as tribos de Judá e Benjamim sob o domínio de Roboão, filho de Salomão. Roboão j