Deus Rejeita Saul Como Rei de Israel

Imagem
Atribuição: Ernst Josephson, Public domain, via Wikimedia Commons Deus Rejeita Saul Como Rei de Israel Israel saiu do sistema de governo teocrático para o monárquico. O primeiro rei foi Saul, ele teve um início brilhante, todavia a rebeldia invadiu o coração de Saul e Deus o rejeitou como rei. Neste blog há informações que relatam desde os tempos dos juízes até Samuel, o último juiz. Quem era Saul? Saul da tribo de Benjamim, filho de Quis, seu nome tem origem no nome hebraico Chaul, derivado do verbo cha’al, que quer dizer “pediu, solicitou, orou por”. Também era o nome original em hebraico do apóstolo Paulo.  Os filhos de Saul eram: Jonatas, Isvi e Malquisua. As filhas: Merebe e Mical, mais nova. Sua mulher chamava-se Ainoã, filha de Aimaãs. O comandante do exército de Saul era Abner, filho de Ner, seu tio. Como Saul se Tornou Rei de Israel Para conhecer a história de Saul precisamos saber como ele se tornou rei de Israel.  Samuel foi sacerdote e juiz, ele liderou Israel sob a orienta

A Fidelidade a Deus x às Tentações

A Fidelidade a Deus x às Tentações

A Fidelidade a Deus x às Tentações

Muitas vezes nós falamos que Deus está nos provando, mas será que Ele precisa saber se somos fiéis ou não? A verdade é que Deus não precisa provar a fidelidade de ninguém, porque Ele sabe a hora que você vai cair e quando você vai se levantar. Sou eu que tenho que mostrar a Deus que Ele pode contar com a minha fidelidade. É você que precisa mostrar a sua fidelidade a Ele.


As tentações surgem a cada instante. Quem nunca foi tentado? Se alguém disser que não foi tentado está mentindo. O problema não é a tentação, mas como eu vou lidar com ela. Será que eu vou me render às tentações? Se olharmos o caso de Salomão podemos observar que ele, no início do seu reinado, provou fidelidade a Deus.


O sucesso de Salomão não era porque ele foi o homem mais sábio do mundo. Foi a sua fidelidade a Deus que o fez crescer em riquezas e glórias. 


A fidelidade precisa ser mantida na minha vida, pois é ela que vai garantir o meu relacionamento com Deus. Quando o homem considerado o mais sábio do mundo deixou as tentações entrar no seu coração ele reconheceu que tudo era vaidade.

“PALAVRAS do pregador, filho de Davi, rei em Jerusalém. Vaidade de vaidades, diz o pregador, vaidade de vaidades! Tudo é vaidade.” (Eclesiastes 1.1-2).


Agora eu faço uma pergunta. O que era vaidade para Salomão? A riqueza, a sabedoria ou a adoração a outros Deuses? Alguns teólogos dizem que Salomão se arrependeu de ter se desviado dos caminhos do Senhor; outros defendem a tese de que não houve arrependimento. A verdade é que ele se rendeu às tentações e elas impediram o relacionamento que Salomão tinha com Deus.




As Consequências de um Relacionamento Quebrado

Homem na caverna

Já foi dito em alguns artigos anteriores deste blog sobre os conselhos que Davi deu a Salomão antes de morrer. Davi garantiu a Salomão que se ele seguisse os preceitos de Deus e fosse fiel a Deus guardando os seus estatutos e os mandamentos de Deus seria próspero em tudo quanto ele fizesse (cf 1 Reis 2.1-4). 


Todavia, as tentações deixaram Salomão rendido às paixões proibidas por Deus. Isso fez com que o relacionamento de Salomão com Ele fosse quebrado.


Salomão não Foi Como Davi

Salomão além de sábio foi um rei justo, mas começou a fazer o que era mal aos olhos de Deus. A Bíblia revela em 1 Reis 11.4 que o coração de Salomão não era perfeito para com Deus como o de Davi, seu pai. 


No versículo 9 desse mesmo capítulo, o Senhor se indignou contra Salomão. Enfim Salomão não seguiu as leis do Senhor. Com a morte dele, as doze tribos de Israel é rasgada por Deus e dez tribos é entregue por Deus ao servo de Salomão que havia se rebelado contra o próprio Salomão, porém por amor a Davi, Ele manteve as tribos de Judá e Benjamim, que tiveram como rei, Roboão, filho de Salomão, para continuar com a dinastia davídica.

Conclusão

O que podemos aprender é que a fidelidade precisa ser maior nos nossos corações do que qualquer tentação que possa vir para tirar a nossa ligação com Deus, porque Ele é soberano e a vontade dEle deve prevalecer em nossas vidas. 


A Bíblia nos dá muitos exemplos de homens que foram fiéis a Deus. Veja a história de José, que mesmo sendo maltratado por seus próprios irmãos e vendido como escravo. Não cedeu à tentação de se deitar com a mulher do seu senhor, quando foi seduzido por ela. 


Ele fugiu da tentação e foi acusado de ter violentado a mulher de Potifar, que era oficial de Faraó, mesmo sendo preso injustamente. Não deixou de ser fiel a Deus e a sua fidelidade o levou a ser o homem mais importante do Egito. Veja o artigo: José, de Escravo  a Governador do Egito que conta a história de José do Egito.


Baseado na Bíblia Sagrada


Por Julio Ferreira Lima


Referências bíblicas: João F. Almeida Cor. Fiel

Referências históricas:



Comentários

  1. MUITO INTERESSANTE E UMA PALAVRA DE ALERTA. SALOMÃO COMEÇOU EXCELENTE, AGRADANDO AO SENHOR EM TUDO, MAS SE DEIXOU SER INFLUENCIADO PELAS ESPOSAS PAGÃS E ENTRISTECEU MUITÍSSIMO AO DEUS DE ISRAEL. DEVEMPS TER CUIDADO COM AS INFLUÊNCIAS MALÍGNAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ISSO AÍ. PRECISAMOS TER CUIDADO COM AQUILO QUE ENTRA NO NOSSO CORAÇÃO. EM 1 JOÃO DIZ QUE NÃO DEVEMOS AMAR O MUNDO, PORQUE QUEM AMA O MUNDO O AMOR DO PAI NÃO ESTÁ NELE.

      PRA SER MAIS PRECISO: "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele".

      Excluir

Postar um comentário

Deixe o seu comentário para incentivar o nosso trabalho, será de grande valia para o crescimento do blog. Obrigado. Volte sempre.


Postagens mais visitadas deste blog

Jesus Dava Exemplos de Gratidão?

Jacó Foi Trapaceiro?

Terá, Pai de Abraão

A Consolação de Israel