Terá, Pai de Abraão

Imagem
  Foto modificada. Fonte da foto original: imb Terá, Pai de Abraão Terá, pai de Abraão. A Bíblia nos dá poucas informações sobre Terá. Ele chegou em Ur atraído pela prosperidade do lugar, mas além da riqueza, Terá adquiriu os costumes pagãos da região. Era descendente da linhagem de Sem, um dos filhos de Noé. Seus filhos Abraão, Naor e Harã nasceram em Ur.  "E viveu Terá setenta anos, e gerou a Abrão, a Naor, e a Harã.” (Gn 11.26). O filho, Abraão, se casou com a sua meia irmã Sara, o que significa que Terá teve uma filha com outra mulher, essa informação pode ser conferida em Gênesis 20.12. Naor se casou com a sobrinha Milca, filha de Harã, este morreu em Ur. Terá e seus parentes saíram de Ur para ir a Canaã e ao chegarem em Harã habitaram ali. "E tomou Terá a Abrão seu filho, e a Ló, filho de Harã, filho de seu filho, e a Sarai sua nora, mulher de seu filho Abrão, e saiu com eles de Ur dos caldeus, para ir à terra de Canaã; e vieram até Harã, e habitaram ali."  (Gêne

A Água Viva

Água de nascente na pedra

A ÁGUA VIVA

A água viva, literalmente a água nos remete a vida, o homem pode aguentar 40 dias sem comer, todavia sem água dificilmente suportaria viver mais de 72 horas, segundo especialistas. A vida é de suma importância para o homem, por isso, ao sermos ameaçados por alguém, procuramos um refugio. Tememos perder o bem maior que Deus nos deu: “o fôlego de vida”. Gn 2.7b.




Veado-campeiro no deserto


Quando o rei Davi fugiu de Jerusalém compôs o Salmo 63 no deserto de Judá. No deserto, a comida e a água são racionadas, mas o que ele queria era saciar a sede espiritual que tomava conta da sua alma: “O Deus, tu és o meu Deus, de madrugada te buscarei; a minha alma tem sede de ti; a minha carne te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água;” (Salmos 63.1).


Quando estamos no deserto, sentimos sede, fome e cansaço. Logo vem o desanimo, a tristeza e consequentemente ficamos fracos e abatidos. No entanto o rei Davi não estava preocupado com a perseguição, a fome e a sede. Ele sentia um profundo anseio por Deus, e quem anseia por Deus não pode ficar nem um segundo sem Ele. Só através da oração e de um coração inteiramente aberto para Deus é que podemos experimentar essa intima comunhão que ele tinha com o Senhor dos Exércitos.


Almeje a água viva

Jesus sentado junto da fonte de Jacó e a samaritana

Jesus estava passando por Samaria com os seus discípulos, cansado de caminhar, assentou-se junto da fonte de Jacó, enquanto seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida, uma mulher samaritana veio tirar água, Jesus fez o que não era comum naquela época, pediu-lhe água. Jesus era judeu e segundo a tradição, os judeus não se comunicavam com os samaritanos. Houve um diálogo, ela, admirada com Jesus, o questiona por ele ser judeu e falar com uma samaritana. Ele, porém lhe diz que se ela conhecesse o dom de Deus e quem estava pedindo água. Ela lhe pediria, e Ele lhe daria água viva: “Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva”. João 4.10.



O Senhor Jesus estava falando da água espiritual, água viva, à mulher de Samaria, mas ela pensou que Jesus estava se referindo à água natural, que puxava do poço, perguntando-lhe então onde Ele tiraria, pois o poço era fundo e Ele não tinha como tirá-la: “Jesus respondeu, e disse-lhe: Qualquer que beber desta água tornará a ter sede; Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna.” João 4.13,14. A mulher prontamente pediu-lhe dessa água. Na verdade, ela não havia entendido ainda o significado da água viva.



Ele manda que ela chame o seu marido, então ela diz que não tem marido, Jesus confirma o que ela disse e a revela que ela teve cinco maridos e o que estava com ela não era o seu marido. A mulher viu que Ele era um profeta, mas não o conhecia, logo que Jesus se apresentou como o Messias, ela acreditou em Jesus, e como está escrito em João 7.38: “Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre” rios de água viva correram do seu ventre e ela ficou tão maravilhada que saiu para anunciar na cidade: As Boas Novas: “Deixou, pois, a mulher o seu cántaro, e foi à cidade, e disse àqueles homens: Vinde, vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Porventura não é este o Cristo? Saíram, pois, da cidade, e foram ter com ele”. João 4.28-30.



Muitas vezes nos preocupamos mais com as coisas naturais e reservamos pouco tempo para as espirituais. Davi foi um grande exemplo de adorador, ele era fiel a Deus e sempre consultava os sacerdotes e profetas quando tinha que partir para a guerra. Deus sempre estava em primeiro lugar na vida de Davi, porque ele era dedicado e obediente a Deus; além disso, ele reconhecia que era um pecador, contudo se arrependia profundamente dos seus pecados, pois a sua alma tinha sede de Deus.



A mulher samaritana não tinha muita importância naquela cidade, e as pessoas a rejeitavam, por conta da sua conduta, mas Jesus mudou a história dessa mulher. Ela se tornou uma evangelista e uma adoradora ao crer em Jesus. A fonte de água viva jorrou no seu ventre, logo que ela bebeu a água da vida, ficou tão impactada que deixou a água natural e foi chamar os homens da cidade para conhecerem a Jesus e experimentarem dessa água.



Ela anunciou o Evangelho de Jesus ao povo daquela cidade. Muitos que ouviram a Jesus creram Nele, por causa da sua palavra. Que possamos meditar nessas experiências. Creio que Deus quer nos abençoar com benções sem medidas. Busquemos saciar a nossa sede com o manancial de águas vivas.



Baseado na Bíblia Sagrada


Por Julio Ferreira Lima






Referências


Bíblia Online, versão: João F. de Almeida Corrigida e Revisada – Fiel.



Brasil Escola

Comentários

  1. Que texto maravilhoso. Riquíssimo.Gostei muito.Aprendi mais um pouco da Palavra Parabéns

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante gostei muito que Deus abençoe muito a vida de vcs abençoado sempre vcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. Obrigado. Deus te abençoe também

      Excluir
  3. Muito bom estudo .Parabéns. Deus continue abençoando!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe o seu comentário para incentivar o nosso trabalho, será de grande valia para o crescimento do blog. Obrigado. Volte sempre.


Postagens mais visitadas deste blog

Samaritanos e Judeus Adoradores em Conflitos

José, de Escravo a Governador do Egito

Liberdade com Deus

O Fim do Reino de Judá