Samuel e o Próprio Deus são Rejeitados

Imagem
  Lisens:  CC BY SA 4.0 Samuel e o Próprio Deus são Rejeitados (Complemento do artigo anterior) Os filhos de Israel sempre foram ingratos, esquecendo-se das obras de Deus, e de todas às vezes que clamavam por socorro e eram atendidos, agora além de desprezarem Samuel, rejeitaram a soberania de Deus. Já vimos que a mãe de Samuel, Ana, sob os cuidados de Eli, sumo sacerdote e juiz de Israel, entregou seu filho a Deus, e o menino cresceu aprendendo a Palavra de Deus. Samuel começou seu ministério como profeta muito jovem e foi o primeiro profeta de Israel (mencionado na Bíblia - Atos 3.24) e o último juiz. Se ainda não leu o início da história de Samuel, então leia neste artigo 👉 A Fidelidade e a Santidade de Samuel . O Início da Monarquia Samuel exortou o povo a abandonar seus ídolos, aproximar-se mais de Deus e preparar seus corações para o Senhor, que Ele libertará Israel das mãos dos filisteus. Samuel também convocou todo o Israel para congregar em Mizpá, ali houve arrependimento, je

Eliseu, Um Homem Com o Caráter de Deus

Ruinas-Israel-antiga
Fonte: Pikist


Eliseu, Um Homem Com o Caráter de Deus

CONTINUAÇÃO DO ARTIGO: Eliseu, o Sucessor do Profeta Elias

Esse caráter de Deus é demonstrado na vida do profeta Eliseu através das suas ações divinas que o condenaram a ser um homem de Deus.



Contam que os seus milagres são, em números, mais do que os de Elias. Se contarmos os milagres expostos na Bíblia, podemos constatar que os números realmente são bem maiores. Todavia o que marcou o ministério de Eliseu não foi a quantidade de milagres, mas o seu caráter, ele chorou ao revelar o mal que Hazael fará aos filhos de Israel (cf 2 Reis 8.12) nessa passagem fica notório o amor que tinha por vidas.



Assim como o seu nome significa salvação, deu vida às águas de Jericó e à terra deixou de ser estéril salvando as vidas do lugar; ressuscitou o filho da sunamita e a viúva do seu discípulo pagou as dívidas do marido e se tornou uma empresária. Leia estas passagens do início do ministério de Eliseu neste artigo: Eliseu, o Sucessor do Profeta Elias


Continuação do artigo anterior

Já vimos como Eliseu iniciou o seu ministério e os primeiros milagres. Neste artigo conheceremos algumas particularidades deste profeta e daremos continuidade aos milagres realizados por ele.



Morte na Panela

Eliseu voltou a Gilgal, havia fome naquela terra, os filhos dos profetas entraram e assentaram-se diante dele. Eliseu disse a seu moço para pegar a panela grande e fazer um caldo de ervas para os filhos dos profetas. Logo um saiu para colher ervas no campo, como não conhecia, pegou uma parra brava e a colocou na panela do caldo. Sucedeu que comendo exclamaram dizendo haver morte na panela e não puderam comer, porém, o homem de Deus pediu farinha e colocou na panela e já não havia morte, assim todos comeram do caldo (cf 2 Reis 4.38-41).



Mesmo no período de fome os olhos do Senhor estão sobre todos que o temem e esperam na misericórdia dEle.

“Eis que os olhos do Senhor estão sobre os que o temem, sobre os que esperam na sua misericórdia; para lhes livrar as almas da morte, e para os conservar vivos na fome.” (Salmos 33:18,19).




O Milagre da Multiplicação dos Pães


Um homem veio de Baal-Salisa e trouxe das primícias: vinte pães de cevada e espigas verdes na sua palha e os deu ao homem de Deus. Eliseu mandou o moço dar para os homens, mas o servo disse não ter como alimentar cem homens com vinte pães, no entanto, Eliseu novamente falou para dar, porque o Senhor disse que comerão e sobejará. Ele deu os pães e todos comeram e sobejou conforme a palavra do Senhor. (cf 2 Reis 4.42-44).



Esse milagre se assemelha à primeira multiplicação dos pães. Foram cinco pães de cevada e dois peixinhos, Jesus alimentou quase cinco mil homens, sem contar as mulheres e as crianças.


“E Jesus tomou os pães e, havendo dado graças, repartiu-os pelos discípulos, e os discípulos pelos que estavam assentados; e igualmente também dos peixes, quanto eles queriam. E, quando estavam saciados, disse aos seus discípulos: Recolhei os pedaços que sobejaram, para que nada se perca.” (João 6.11-12).




Naama Reconhece Que há Deus em Israel


Quando houve uma invasão síria em Israel, uma menina foi cativa e serviu a esposa de Naamã, comandante do exército do rei da Síria. Essa menina, que a bíblia não menciona o nome, demonstrou ter muita fé no Deus de Israel, pois a sua situação não era nada boa em relação ao momento que estava vivendo. Foi retirada do convívio familiar para ser uma serva na casa de um comandante importante, porém leproso.



Isso era para deixá-la sem esperanças e desacreditada de Deus. Contudo, ela não estava preocupada com essa situação, mas com a cura do seu senhor. Ela cria que Deus podia curá-lo da lepra através do profeta Eliseu e levou ao conhecimento da sua senhora dizendo o que Eliseu podia fazer a Naamã se ele procurasse o profeta em Samaria.



Naamã ao tomar conhecimento contou ao rei da Síria, este escreveu uma carta e disse-lhe para ir ao rei de Israel e entregá-la. Ele levou consigo trezentos e cinquenta quilos de prata, setenta e dois quilos de ouro e dez mudas de roupas finas, logo que o rei de Israel leu a carta, rasgou suas vestes pensando que o rei da Síria estava arrumando motivos para se desentender com ele. Na carta dizia: "Com esta carta estou enviando meu oficial Naamã, para que o cures da lepra".



Eliseu soube de Naamã e mandou uma carta ao rei dizendo: "Envia o homem a mim, e ele saberá que há profeta em Israel". Naamã, foi e ficou indignado, porque Eliseu mandou um mensageiro dizer-lhe: "Vá e lave-se sete vezes no rio Jordão; sua pele será restaurada e você ficará purificado".



Ele pensava que Eliseu sairia para recebê-lo, invocaria em pé o nome do Senhor e, assim Deus moveria a mão sobre o lugar afetado curando-o da lepra. Disse ainda: "Não são os rios Abana e Farfar, em Damasco, melhores do que todas as águas de Israel? Será que não poderia lavar-me neles e ser purificado?" Pois, saiu furioso. Contudo, os servos indagaram do seu senhor que se o profeta pedisse algo difícil, não faria? O que é banhar-se sete vezes para ficar curado?



Naamã refletiu e deixou o orgulho de lado, fazendo como o profeta dissera, assim foi purificado e sua pele ficou como a de uma criança. Ele retornou ao profeta e reconheceu não haver Deus em nenhum outro lugar, senão em Israel e insistiu com Eliseu para aceitar um presente. Mesmo com a insistência dele, o profeta recusou.



O comandante pediu permissão para levar terra do lugar e afirmou nunca mais fazer holocausto e sacrifícios a nenhum outro deus senão ao Senhor. Também pediu que o perdoasse por ter que ajoelhar-se quando o senhor dele for adorar no templo de Rimom, porque seu braço serve de apoio para o seu senhor. Eliseu disse para ir em paz.



O servo de Eliseu não se conformou de o profeta não ter aceitado a oferta de Naamã e correu atrás dele para ganhar algo. Ele recebeu do comandante sírio setenta quilos de prata em duas sacolas, com as duas mudas de roupas que havia pedido. Depois disso, Eliseu disse a seu servo que estava com ele em espírito e viu quando recebeu as ofertas do sírio, acrescentou que não era o momento de aceitar nada, por isso a lepra de Naamã foi transferida para Geazi.



Muitas vezes pensamos que estamos enganando a Deus, quando, na verdade, estamos nos enganando. Deus sabe o momento exato de nos abençoar, assim não precisamos correr atrás da benção e agir às escondidas.

"Os olhos do Senhor estão em todo lugar, vigiando os maus e os bons." (Pv 15.3).




Outros Milagres e Suas Referências


Porei apenas o nome dos milagres que faltaram e as suas referências para não se alongar mais neste artigo, em outra oportunidade prometo descrevê-los com as suas particularidades.


– Fez o ferro de um machado flutuar (2 Reis 6:6, 7);

– Revela ao rei de Israel os conselhos do rei da Síria (2 Reis 6:9, 12);

– O Senhor dá visão espiritual a Geazi (2 Reis 6:17);

– Orou para segar os siros e depois para devolver-lhes a visão (2 Reis 6:18,20);

– Predisse abundância de víveres (2 Reis 7:1, 18);

– O Senhor mostrou-lhe a morte de Ben-Hadade (2 Reis 8:10, 15);

– Uma vitória incompleta de Jeoás por falta de fé. (2 Reis 13:17);

– Anunciou a morte de um capitão por duvidar da sua profecia (2 Reis 7:2);

– Profetizou fome por sete anos (2 Reis 8:1);

– Seus ossos ressuscitaram um morto (2 Reis 13:21).





Conclusão


Foram muitos milagres de Deus realizados por Eliseu, mas a sua intimidade com Deus e o amor por vidas foram marcantes na vida de Eliseu, um homem de caráter forte.


“Quanto a mim, tu me sustentas na minha sinceridade, e me puseste diante da tua face para sempre.” (Salmos 41.12).



Baseado na Bíblia Sagrada



Por Julio Ferreira Lima








ABREVIATURAS


cf Conferir


Referências dos textos Bíblicos:

Almeida Corrigida Fiel - ACF (Bíblia Online)


Referência Bibliográfica

BÍBLIA, Português. Bíblia de Estudo de Genebra. 2ª edição. Tradução de J. F. de Almeida. Edição revista e atualizada. Barueri, SP: Sociedade Bíblica do Brasil (SBB); São Paulo, SP: Editora Cultura Cristã, 1999. 1728 p 

Comentários

  1. Olá, Julio!
    Tenho muita fé em meu Deus e toda vez que clamo em nome de Deus, o socorro vem a mim.
    Meu Deus é Santo e Misericordioso!

    Boa noite e feliz domingo.

    Saudações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! Quando reconhecemos a santidade dEle e agimos segundo a sua vontade, com certeza, Ele ouvirá o nosso clamor.

      Obrigado! Que Deus continue te abençoando grandemente! Um abraço carinhoso 🤗

      Excluir
  2. Deus continue te usando com palavras que nos fazem crescer.
    Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, creio que é Deus me inspira, porque de mim mesmo não sai nada. Obrigado pelo incentivo, que Deus abençoe a sua vida sempre.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe o seu comentário para incentivar o nosso trabalho, será de grande valia para o crescimento do blog. Obrigado. Volte sempre.


Postagens mais visitadas deste blog

Jesus Dava Exemplos de Gratidão?

Jacó Foi Trapaceiro?

José, de Escravo a Governador do Egito

A Consolação de Israel