A Morte de Saul, Davi é Rei Sobre Israel

Imagem
Atribuição: Gerard van Honthorst, Public domain, via Wikimedia Commons A Morte de Saul, Davi é Rei Sobre Israel Davi Parte 4 Passaram-se três dias da derrota dos amalequitas, Davi estava em Ziclague, veio do arraial de Saul a Davi, um homem que se lançou no chão, e se inclinou diante de Davi. Ele disse que escapou do arraial de Israel e contou-lhe que o rei Saul o pediu para matá-lo. Ele o matou e levou a coroa e o bracelete de Saul a Davi, crendo ter feito um bem a Davi, disse ainda que Jônatas também morreu na peleja contra os filisteus. Davi chamou um dos seus moços para ferir aquele homem por ele não temer estender a mão para matar o ungido do Senhor ( cf  2 Samuel 1.14-15). Pois Davi lhe dissera: O teu sangue seja sobre a tua cabeça, porque a tua própria boca testificou contra ti, dizendo: Eu matei o ungido do Senhor (2 Samuel 1.16). Ele e seus homens rasgaram as suas vestes e prantearam a morte de Saul e Jônatas. Ele não permitiu que publicasse em Gate para que as filhas dos fil

A Fidelidade a Deus x às Tentações

A Fidelidade a Deus x às Tentações

A Fidelidade a Deus x às Tentações

Muitas vezes nós falamos que Deus está nos provando, mas será que Ele precisa saber se somos fiéis ou não? A verdade é que Deus não precisa provar a fidelidade de ninguém, porque Ele sabe a hora que você vai cair e quando você vai se levantar. Sou eu que tenho que mostrar a Deus que Ele pode contar com a minha fidelidade. É você que precisa mostrar a sua fidelidade a Ele.


As tentações surgem a cada instante. Quem nunca foi tentado? Se alguém disser que não foi tentado está mentindo. O problema não é a tentação, mas como eu vou lidar com ela. Será que eu vou me render às tentações? Se olharmos o caso de Salomão podemos observar que ele, no início do seu reinado, provou fidelidade a Deus.


O sucesso de Salomão não era porque ele foi o homem mais sábio do mundo. Foi a sua fidelidade a Deus que o fez crescer em riquezas e glórias. 


A fidelidade precisa ser mantida na minha vida, pois é ela que vai garantir o meu relacionamento com Deus. Quando o homem considerado o mais sábio do mundo deixou as tentações entrar no seu coração ele reconheceu que tudo era vaidade.

“PALAVRAS do pregador, filho de Davi, rei em Jerusalém. Vaidade de vaidades, diz o pregador, vaidade de vaidades! Tudo é vaidade.” (Eclesiastes 1.1-2).


Agora eu faço uma pergunta. O que era vaidade para Salomão? A riqueza, a sabedoria ou a adoração a outros Deuses? Alguns teólogos dizem que Salomão se arrependeu de ter se desviado dos caminhos do Senhor; outros defendem a tese de que não houve arrependimento. A verdade é que ele se rendeu às tentações e elas impediram o relacionamento que Salomão tinha com Deus.




As Consequências de um Relacionamento Quebrado

Homem na caverna

Já foi dito em alguns artigos anteriores deste blog sobre os conselhos que Davi deu a Salomão antes de morrer. Davi garantiu a Salomão que se ele seguisse os preceitos de Deus e fosse fiel a Deus guardando os seus estatutos e os mandamentos de Deus seria próspero em tudo quanto ele fizesse (cf 1 Reis 2.1-4). 


Todavia, as tentações deixaram Salomão rendido às paixões proibidas por Deus. Isso fez com que o relacionamento de Salomão com Ele fosse quebrado.


Salomão não Foi Como Davi

Salomão além de sábio foi um rei justo, mas começou a fazer o que era mal aos olhos de Deus. A Bíblia revela em 1 Reis 11.4 que o coração de Salomão não era perfeito para com Deus como o de Davi, seu pai. 


No versículo 9 desse mesmo capítulo, o Senhor se indignou contra Salomão. Enfim Salomão não seguiu as leis do Senhor. Com a morte dele, as doze tribos de Israel é rasgada por Deus e dez tribos é entregue por Deus ao servo de Salomão que havia se rebelado contra o próprio Salomão, porém por amor a Davi, Ele manteve as tribos de Judá e Benjamim, que tiveram como rei, Roboão, filho de Salomão, para continuar com a dinastia davídica.

Conclusão

O que podemos aprender é que a fidelidade precisa ser maior nos nossos corações do que qualquer tentação que possa vir para tirar a nossa ligação com Deus, porque Ele é soberano e a vontade dEle deve prevalecer em nossas vidas. 


A Bíblia nos dá muitos exemplos de homens que foram fiéis a Deus. Veja a história de José, que mesmo sendo maltratado por seus próprios irmãos e vendido como escravo. Não cedeu à tentação de se deitar com a mulher do seu senhor, quando foi seduzido por ela. 


Ele fugiu da tentação e foi acusado de ter violentado a mulher de Potifar, que era oficial de Faraó, mesmo sendo preso injustamente. Não deixou de ser fiel a Deus e a sua fidelidade o levou a ser o homem mais importante do Egito. Veja o artigo: José, de Escravo  a Governador do Egito que conta a história de José do Egito.


Baseado na Bíblia Sagrada


Por Julio Ferreira Lima


Referências bíblicas: João F. Almeida Cor. Fiel

Referências históricas:



Comentários

  1. MUITO INTERESSANTE E UMA PALAVRA DE ALERTA. SALOMÃO COMEÇOU EXCELENTE, AGRADANDO AO SENHOR EM TUDO, MAS SE DEIXOU SER INFLUENCIADO PELAS ESPOSAS PAGÃS E ENTRISTECEU MUITÍSSIMO AO DEUS DE ISRAEL. DEVEMPS TER CUIDADO COM AS INFLUÊNCIAS MALÍGNAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ISSO AÍ. PRECISAMOS TER CUIDADO COM AQUILO QUE ENTRA NO NOSSO CORAÇÃO. EM 1 JOÃO DIZ QUE NÃO DEVEMOS AMAR O MUNDO, PORQUE QUEM AMA O MUNDO O AMOR DO PAI NÃO ESTÁ NELE.

      PRA SER MAIS PRECISO: "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele".

      Excluir

Postar um comentário

Deixe o seu comentário para incentivar o nosso trabalho, será de grande valia para o crescimento do blog. Obrigado. Volte sempre.


Postagens mais visitadas deste blog

Jesus Dava Exemplos de Gratidão?

Jacó Foi Trapaceiro?

Terá, Pai de Abraão

Débora, Uma Mulher Destemida