Samá, Um Valente de Davi e A Sua Coragem

Imagem
Foto isenta de royalties Samá, Um Valente de Davi e A Sua Coragem Quem foi Samá na Bíblia? Samá em hebraico significa: fama, renome. Ele foi o filho de Agé, o hararita, e um dos três "valentes" do rei Davi, era um dos oficiais de Davi.  Há outros personagens bíblicos com esse mesmo nome, como Samá, um dos filhos de Reuel, filho de Basemate, mulher de Esaú ( cf Gênesis 36:13). Os Valentes de Davi Na Palavra de Deus há um relato que fala sobre três homens valentes que eram fiéis a Davi. Josebe-Bassebete, no livro de 1 Crônicas 11.11 ele é chamado de Jasobeão, era o principal entre os três poderosos de Davi.  Ele feriu oitocentos filisteus de uma vez. Segundo o comentarista da Bíblia de Estudo de Genebra, em 1 Crônicas 11.11 diz serem trezentos filisteus, isso provavelmente pode ser um erro do copista. O outro valente de Davi é Eleazar que feriu os filisteus lutando até cansar, e a espada ficou grudada na sua mão. Pode ter sido câimbra, devido ao esforço violento e prolongado q

As Conquistas e os Pecados do Rei Davi

Davi no terraço
Atribuição: James Tissot, Domínio, via Wikimedia Commons

As Conquistas e os Pecados do Rei Davi

Davi Parte 5

Após todos os anciãos de Israel irem a Hebrom e ungirem Davi rei sobre todo Israel, foram realizadas grandes conquistas por Davi, a mais importante delas foi a cidade dos jebuseus, Jebus, (a fortaleza de Sião).


Era uma antiga cidade localizada entre o Mar Mediterrâneo e o Mar Morto. Davi estabeleceu-a como a capital do Reino Unido de Israel e a chamou de Cidade de Davi.



Características Dessa Conquista

Jerusalém já foi chamada de Jebus. Era conhecida como "Salém" por Abraão (cf Gênesis 14.18). A primeira prova da existência da cidade de Jerusalém foi encontrada em Tell-Amarna (Alto Egito) nas inscrições em caracteres cuneiformes. 


O nome dessa cidade era Urusalem e seu rei era Abd Khiba. No tempo da conquista de Canaã, por Josué, o rei de Jerusalém era Adoni-Zedeque (cf Josué 10.3). 


Jerusalém foi um centro de resistência, conforme a Bíblia os habitantes eram uma tribo cananeia. A Bíblia relata que os benjamitas não expulsaram os jebuseus que viviam em Jerusalém (cf Juízes 1.21), nem os judeus os expulsaram (cf Josué 15.63). 


Davi conquistou Jebus (fortaleza de Sião) e habitou lá, chamando-a de Cidade de Davi. 
Leia o artigo 👉 As Tribos do Reino de lsrael Desapareceram?



Ele tinha trinta anos e reinou quarenta anos. Em Hebrom reinou sobre Judá sete anos e seis meses e em Jerusalém trinta e três anos sobre toda Israel e Judá. 


Depois que Davi veio de Hebrom tomou mais concubinas e mulheres de Jerusalém e nasceram filhos e filhas. Os filisteus souberam que Davi foi ungido rei sobre Israel. Então todos subiram em busca de Davi, ele, ao ouvir isso, desceu à fortaleza. 


Os filisteus se estenderam pelo vale de Refaim. Davi consultou ao Senhor, para saber se subiria contra os filisteus e eles seriam entregues nas mãos dele. O Senhor disse para subir porque certamente os filisteus serão entregues nas mãos de Davi.



Davi foi a Baal-Perazim e feriu os filisteus, e disse: “Rompeu o Senhor a meus inimigos diante de mim, como quem rompe águas”, e chamou aquele lugar de Baal-Perazim. Os filisteus deixaram seus ídolos lá e Davi e seus soldados os levaram embora. 


No livro de 1 Crônicas relata que Davi ordenou queimar os ídolos dos filisteus

E deixaram ali seus deuses; e ordenou Davi que se queimassem a fogo 1 Crônicas 14.12.



Os filisteus voltaram a subir e se estenderam pelo vale de Refaim. Davi não tomava nenhuma decisão sem antes consultar ao Senhor. Ele perguntou a Deus se subirá contra os filisteus. 


O Senhor disse que não. Contudo, falou para rodeá-los por detrás deles e ouvindo o ruído da marcha pelas copas das amoreiras, ordenou que ele apressasse, porque o SENHOR sai à frente de Davi para ferir o exército dos filisteus. Ele fez conforme o Senhor lhe ordenou; e feriu os filisteus desde Geba, até chegar a Gezer.



Davi Leva a Arca para Jerusalém


Após se estabelecer na Cidade de Davi. Ele e todos os seus homens, em número de trinta mil, foram a Baal em Judá para trazer de lá a arca de Deus.

Eles colocaram a arca de Deus em um carro novo, e Uzá e Aio conduziram a arca de Deus. Davi e todo o Israel cantaram e dançaram perante o Senhor ao som de toda espécie de instrumentos. 


Ao chegarem à eira de Nacom, os touros tropeçaram e Uzá estendeu a mão para segurar a arca de Deus. Isso deixou o Senhor irado, e por esta imprudência, Deus matou Uzá ali.


Davi se entristeceu e chamou aquele lugar Perez-Uza. Ele temeu ao Senhor naquele dia e disse: Como virá a mim a arca do Senhor? Ele levou a arca do Senhor à casa de Obede-Edom, o giteu. E ela permaneceu ali por três meses; e o Senhor abençoou Obede-Edom e toda a sua casa.


Davi soube que o Senhor estava abençoando a casa de Obede-Edom por conta da arca, então ele foi, alegre, pegá-la para trazer para a Cidade de Davi. 


Ele dançava com todas as suas forças diante do Senhor, Enquanto entravam na cidade, Mical, filha de Saul, observava de uma janela, ao vê-lo saltando e dançando diante do Senhor, ela o desprezou em seu coração. 


Trouxeram a arca e a puseram na tenda, e Davi ofereceu holocaustos e ofertas de comunhão perante o Senhor. Após ele ter oferecido holocausto ao Senhor, toda a multidão de israelitas ganharam bolo de tâmara e bolo de passas, tanto homens como mulheres. 


E foram para as suas casas. Davi voltou para casa para abençoar sua casa, Mical, foi ao encontro de Davi e disse:
Como o rei de Israel se destacou hoje, andando seminu à vista de todas as escravas de seus servos como qualquer sujeito vulgar faria!

Davi respondeu-lhe: 
Foi perante o Senhor que me escolheu em vez de seu pai ou qualquer um de sua casa, quando ele me designou governante do povo de Israel do Senhor; ficarei ainda mais indigno do que isso e serei humilhado aos meus próprios olhos, mas por essas escravas de quem você falou, eu serei honrado. 
Mical não teve filhos até o dia de sua morte.


As Vitórias do Rei Davi


Davi, além de ter derrotado e subjugado os filisteus, também derrotou os moabitas e alguns foram condenados à morte; e outros se sujeitaram a pagar-lhe tributos. 


Davi ficou famoso após matar dezoito mil edomitas no Vale do Sal. Ele colocou soldados em todo o Edom, e todos os edomitas ficaram sujeitos a Davi. O Senhor deu vitórias a Davi em todas as suas investidas. Em 2 Samuel 8 relata as vitórias de Davi.



Davi Cumpre o Juramento Que Fez Com Jônatas


No capítulo 9 de 2 Samuel, Davi quis saber se ainda havia alguém da casa de Saul para que usasse com ele da benevolência de Deus? Ziba, servo da casa de Saul, disse que ainda havia um filho de Jônatas, aleijado de ambos os pés. 


Então Davi mandou trazer o filho de Jônatas. Ele estava na casa de Maquir, filho de Amiel, em Lo-Debar. Mefibosete, filho de Jônatas, veio a Davi, e inclinou-se; e disse-lhe: Eis aqui teu servo. 


Davi falou para não temer porque usará de benevolência com ele por amor de Jônatas, e todas as terras de Saul serão restituídas. Os vinte servos e os quinze filhos de Ziba, serão criados de Mefibosete.


O filho de Jônatas, Mefibosete, foi cuidado pelo rei como um dos seus filhos.

E disse Ziba ao rei: Conforme a tudo quanto meu senhor, o rei, manda a seu servo, assim fará teu servo. Quanto a Mefibosete, disse o rei, comerá à minha mesa como um dos filhos do rei. 2 Samuel 9.11.



Davi Comete Adultério e Assassinato

Chegando o tempo dos reis saírem à guerra, Davi enviou Joabe e os soldados de Israel, porém o rei ficou em Jerusalém. Numa tarde Davi se levantou do seu leito e andava no terraço da casa real. 


Ele vislumbra do terraço uma mulher que estava se lavando; e ela era muito formosa. Davi quis saber quem era aquela mulher, logo informaram-lhe que era Bate-Seba, filha de Eliã, mulher de Urias. Ele mandou trazê-la e se deitou com ela.


Tempos depois, a mulher mandou informar a Davi que estava grávida. Ele disse a Joabe, através do mensageiro, que enviasse Urias. Ao chegar o marido de Bate-Seba na presença do rei, Davi perguntou-lhe como estava Joabe e os soldados, e como ia à guerra. 


Depois disse a Urias que fosse para casa. Saindo Urias da casa do rei, Davi mandou presentes para a mesa de Urias para ele passar uma noite tranquila com a esposa. Contudo, Urias não passou a noite em sua casa.


Davi soube que Urias não foi para sua casa, então perguntou-lhe porque não dormiu em sua casa, se estava vindo de uma jornada. Urias sentiu que não era justo comer, beber e dormir com a mulher enquanto Joabe e os homens de Israel estão na guerra.


A Estratégia de Embriagar Urias

O rei convida Urias para comer e beber diante dele na esperança de que Urias fosse procurar a esposa para dormir com ela.


A investida de Davi de fazer parecer que o filho que Bate-Seba esperava era o de Urias falhou, pois Urias saiu da casa real bêbado e foi dormir com os servos do rei.




Pela manhã, Davi, sabendo que não foi bem-sucedido com o seu plano, escreveu uma carta e mandou Urias entregá-la a Joabe. A carta dizia: 
Ponde a Urias na frente da maior força da peleja; e retirai-vos detrás dele, para ser ferido e morra.


Tão profunda era a lealdade de Urias ao rei que ele estava levando a sua sentença de morte e, sem ler a carta, ele a entregou a Joabe. 


A mensagem que Davi recebeu de Joabe relatava que os flecheiros atiraram contra os israelitas desde o alto do muro, e morreram alguns dos homens do rei, inclusive Urias. A mulher de Urias lamentou a morte do marido e, passado o luto, Davi a recolheu em sua casa e a fez sua mulher. 


Bate-Seba deu-lhe um filho, todavia Davi não agradou a Deus. O Senhor enviou Natã e este relatou a Davi a história de um homem rico e outro pobre, contou-lhe Nată:

Em uma cidade havia dois homens, um rico e outro pobre. O rico possuía muitíssimas ovelhas e vacas, mas o pobre tinha apenas uma pequena cordeira. Ele a criava; e ela crescia com ele e com seus filhos; do pouco que tinha, ela comia, e do seu copo bebia e dormia em seu regaço, era como uma filha. Vindo um viajante ao homem rico, este tomou a única cordeira do homem pobre, e a preparou para o homem que viera a ele.


Davi ficou furioso contra o homem rico e disse a Natã: Vive o Senhor, que digno de morte é o homem que fez isso. Então disse Natã a Davi: Tu és este homem.


O Senhor usou o profeta Natã para repreender Davi por cometer o pecado de adultério com Bate-Seba e o de assassinato de Urias, seu marido. 


Ao ver estar sendo repreendido pelo Senhor, Davi se arrependeu grandemente e Deus o perdoou. Contudo, o Senhor aplicou severas consequências por conta dos atos pecaminosos do rei (cf 2 Samuel 12.1-15).


Conclusão

Davi reinou fazendo o que era bom, correto e justo para todo o povo de Deus. Ele cumpria todas as ordenanças de Deus e sempre o consultava para saber se ia à batalha e o Senhor o concederia a vitória. 


Apesar de ser um homem segundo o coração de Deus, cometeu erros gravíssimos perante o Senhor. Contudo, o Senhor o perdoou por ele ter se arrependido dos seus pecados, mas não o livrou das consequências, porque Deus é justo.

👉 Este artigo faz parte de uma série de artigos sobre Davi:
 

Baseado na Bíblia Sagrada


Por Julio Ferreira Lima







ABREVIATURAS


cf. Conferir

Referências dos textos Bíblicos:

Almeida Corrigida Fiel - ACF (Bíblia Online)

Referência Bibliográfica

BÍBLIA, Português. Bíblia de Estudo de Genebra. 2ª edição. Tradução de J. F. de Almeida. Edição revista e atualizada. Barueri, SP: Sociedade Bíblica do Brasil (SBB); São Paulo, SP: Editora Cultura Cristã, 1999. 1728 p

Comentários

  1. Passando para desejar
    Feliz Ano novo 2023 que seja de paz e muitas realizações para você e família. Saúde 🥂!
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Boas entradas e um Feliz 2023 pra você e sua família também. Abraço

      Excluir

Postar um comentário

Deixe o seu comentário para incentivar o nosso trabalho, será de grande valia para o crescimento do blog. Obrigado. Volte sempre.


Postagens mais visitadas deste blog

Jesus Dava Exemplos de Gratidão?

Terá, Pai de Abraão

Jacó Foi Trapaceiro?

Revelando os Mistérios do Cântico de Ana